Chegou ao fim o Relacionamento dos atores Murilo Benício e Débora Falabella. Segundo a assessoria dos atores o casal, que iniciou um relacionamento em 2012, enquanto gravava a novela global “Avenida Brasil”, não está mais junto.

Em uma nota oficial, a assessoria de imprensa de Murilo disse que mesmo não estando mais juntos, os atores seguem sendo amigos e parceiros.

Mesmo após o término, fãs do casal ainda poderão acompanha-los em mais um par romântico nas telinhas, em “Se eu fechar os olhos agora”.

Na minissérie, Benício interpretará o prefeito de São Miguel, Adriano Marques Torres, que é descendente de uma família de políticos. “A família Marques Torres toma conta de toda aquela cidade”, diz o ator sobre seu novo personagem.

A suposta crise no casamento dos atores teve início em fevereiro deste ano. No entanto, ao ser questionada sobre o assunto naquele momento, Débora negou o fim do relacionamento e fez questão de ressaltar os novos projetos ao lado do até então marido.

Vale destacar, que o casal que faz muito sucesso na vida profissional, sempre optou por deixar o relacionamento amoroso e a vida pessoal longe da mídia.

Débora tem uma filha, Nina, de 8 anos, fruto de um antigo relacionamento com o músico Chuck Hipolitho. Murilo também é pai de dois filhos, Antônio, de 22 anos, e Pietro, de 13. Juntos, Débora e Murilo não tiveram filhos.

Débora Falabella fala sobre a sociedade: 'tão conservadora quanto era antes'

Ao conceder uma entrevista focada em falar sobre seu novo papel em “Se eu fechar os olhos agora”, Débora Falabella que dará vida a Isabel, esposa submissa do prefeito da cidade, alegou que a realidade da sociedade brasileira não está longe da trama, que retrata a década de 1960.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos Fofocas

Para falar sobre o novo projeto profissional, Falabella diz se tratar de uma história que poderia se passar em qualquer lugar, e sustenta que muitas coisas continuam sendo do mesmo jeito. Continuando, a atriz cita como exemplos, a repressão contra as mulheres, o racismo e a questão religiosa, e alega que muitas pessoas vão se identificar com a história contada na dramaturgia. “Está tudo igual”, disse.

Falabella destaca que a atual sociedade brasileira está voltando a ser tão conservadora quanto era na década de 60, e disse que é como se estivéssemos dando um passo para trás. A atriz também ressalta que está criando sua filha, Nina, de 8 anos, para viver em um lugar livre, onde ela possa ser quem quiser.

Sobre seu papel como Isabel, que buscará sempre cumprir os deveres da “mulher ideal”, a atriz diz que logo no primeiro capítulo o público irá perceber que a primeira dama só dorme junto com Adriano Marques, prefeito da cidade fictícia, interpretado por Murilo Benício, por conveniência.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo