Segundo o site Globoesporte.com, o técnico português Jorge Jesus já não é a primeira escolha para o cargo de técnico do Vasco da Gama. A bola da vez em São Januário é Dunga, ex-técnico da Seleção Brasileira.

O interino Marcos Valadares não deve continuar no comando do cruzmaltino, conforme o próprio presidente Alexandre Campello havia confirmado após a derrota do time na final do Campeonato Carioca para o Flamengo.

Dunga está desempregado desde que chegou ao fim sua segunda passagem pela seleção, em 2016.

Publicidade
Publicidade

Durante sua carreira como jogador profissional, Dunga teve uma breve passagem pelo Vasco. Foi em 1987, um ano antes do então jogador embarcar para a Itália, onde se destacou no Futebol mundial.

Ainda não foram iniciadas as negociações entre Vasco e Dunga, porém o treinador de 55 anos já tem ciência de que seu nome é um dos mais cotados em São Januário. Apesar de ser o principal nome para o banco de reservas no momento, Dunga nem sempre foi a primeira opção para substituir Alberto Valentim.

Publicidade

O Vasco chegou a abrir negociações com o português Jorge Jesus, ex-técnico de Sporting e Benfica, de Portugal. Porém, na última semana, Jesus deu sua resposta final ao Vasco, e disse que vai esperar o fim da temporada européia para tentar alguma proposta no velho continente.

Depois da recusa de Jorge Jesus, o Vasco deu uma investida em Diego Aguirre, que acumula passagens no Brasil por Internacional e São Paulo. Porém, novamente o mercado internacional frustrou os planos do Vasco e as negociações com Aguirre também fracassaram.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol Brasileirão

Começo ruim no Brasileiro

Após dois jogos ruins contra o Flamengo na final do Campeonato Carioca e a eliminação precoce na Copa do Brasil contra o Santos, o sinal amarelo já estava ligado na Colina. O cenário ficou ainda pior quando, lesionados, Leandro Castán e Fernando Miguel, dois pilares da equipe, se lesionaram e só voltam aos gramados após a Copa América. Na estreia do Brasileirão, contra o Athletico Paranaense, o Vasco fez uma de suas piores partidas no ano, e acabou sendo goleado pelo furacão pelo placar de 4 a 1.

Na noite de ontem (1), veio a chance da equipe se redimir em casa, diante de seus torcedores. Porém, em mais uma partida apática, uma nova derrota por 2 a 1, e a certeza de que a passagem de Marcos Valadares como treinador da equipe principal, não será longa.

A única boa notícia da partida é que o centroavante Maxi López, principal esperança de gols do cruzmaltino, balançou as redes pela primeira vez no ano com bola rolando. Os dois gols anteriores haviam saído em cobranças de pênalti.

Publicidade

O Vasco volta a campo no próximo sábado (4), às 19h, diante do Corinthians, na Arena Amazônia, em Manaus.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo