Najila Trindade ficou conhecida do grande público após acusar Neymar de abuso durante um encontro na cidade de Paris, na França. Porém, antes mesmo de ter sua identidade divulgada pela mídia, a modelo já podia ser vista em um videoclipe que protagonizou para a canção "Fogo Cruzado", do cantor Zula.

Após toda polêmica, o vídeo que havia em torno de 6 mil visualizações acabou subindo para quase 2 milhões de views no YouTube. Em conversa com o site Terra, o sambista falou sobre a repercussão de seu trabalho em meio ao caso que vem sendo investigado pela Justiça.

Romance em videoclipe

Influenciado por cantores da MPB e grupos de pagode dos anos 1990, Zula ainda não carrega uma grande fama no meio artístico, mas acabou vendo seu trabalho "bombar" de forma inesperada desde que Najila Trindade abriu um boletim de ocorrência contra Neymar. Ao buscar pelo nome da modelo nas redes sociais, internautas acabaram se deparando com o clipe protagonizado por ela, e o conteúdo acabou aumentando seu alcance consideravelmente.

Nas imagens, Najila surge como uma mulher crise no relacionamento, que no desenrolar da história acaba fazendo as pazes com o companheiro. Em entrevista ao Terra, Zula falou sobre o sucesso do videoclipe e contou que a repercussão está ajudando em seu trabalho e lhe dando uma enorme visibilidade. "Foi algo inesperado, bombástico", afirmou o sambista.

Zula falou sobre repercussão do seu trabalho

Zula lamentou por sua Música ter chegado ao grande público em meio à polêmica, mas afirmou que estaria feliz por tanta gente estar conhecendo seu trabalho e lhe enviado elogios através do feedback do clipe.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos Música

"Não vou negar", disse o cantor. Já sobre Najila, Zula informou que a conheceu no dia em que as cenas foram gravadas e que a escolha pela modelo teria partido da direção do videoclipe. "Tive boa impressão", contou o cantor, dizendo também que Najila parecia ser uma mulher reservada e que após o trabalho não teve mais contato com a modelo.

O cantor falou também sobre o caso Neymar e preferiu não opinar sobre quem estaria com a razão ou dizendo a verdade.

"Ninguém sabe exatamente o que aconteceu", disse Zula, desejando que se alguém "estiver errado" que seja punido pela Justiça.

O sambista, que começou a carreira aos 14 anos, lançou o clipe com participação de Najila Trindade no ano de 2017 e só dois anos depois seu trabalho pôde ser visto por 1,7 milhão de pessoas. Atualmente com 36 anos, Zula busca pessoas que queiram investir em seu trabalho para que possa ser lançado o seu primeiro CD solo.

Mesmo em meio ao sucesso no momento, Zula finalizou dizendo que prefere manter os pés no chão e que, ainda que a polêmica com Najila e Neymar tenha sido um trampolim para seu vídeo bombar no YouTube, não estaria se iludindo com a repercussão atual de seu trabalho.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo