Dias após a morte do ator Rafael Miguel morto a tiros junto com seus pais, o suposto assassino Paulo Cupertino segue foragido, a Polícia continua investigando o caso. Na última terça-feira (18) o site G1 publicou um vídeo em que é possível ver o momento exato que o comerciante deixa a cena do crime, cerca de dois minutos após a chegada do ator na casa da namorada.

Fuga do atirador

Rafael Miguel morreu no último dia 9 de junho, enquanto visitava a casa de Isabela, namorada do ator, com seus pais.

Segundo investigações, o crime teria sido cometido por Paulo Cupertino, pai da jovem, que seria contra o relacionamento da filha com o artista.

Após cometer o crime, o suposto assassino de Rafael Miguel teria fugido do local rapidamente. Uma câmera de segurança gravou o momento que Paulo Cupertino caminha na calçada minutos depois do crime. Nos primeiros segundos dos vídeo, é possível ver o carro da família do ator chegando na casa de Isabela.

Amigos e familiares do comerciante prestaram depoimento na delegacia na terça-feira (18). Eduardo José Machado foi um dos mais aguardados para depoimento pelos os policiais, pois a polícia havia recebido denúncias de que ele, que mantém uma amizade com Cupertino, teria se encontrado com o comerciante após o crime. Após deixar o local, o homem preferiu o silêncio e não conversou com a imprensa sobre a sua versão em torno do possível encontro com o suposto assassino.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos Polícia

Laudo da morte do ator e seus pais

Laudo entregue à polícia pelo IML trouxe novos detalhes de como teria acontecido a morte de Rafael Miguel e seus pais. O assassino teria efetuado 13 tiros contra a família do artista. Sete disparos teriam atingido o ator, sendo três nas costas, dois no braço esquerdo, uma na cabeça e outro no peito. O pai do artista acabou sendo baleado quatro vezes, enquanto a mãe teria sido alvejada com dois disparos.

Ainda de acordo com o laudo, a arma utilizada pelo atirador seria uma pistola

O delegado responsável pelo caso informou que ainda está analisando o laudo para compreender como teria sido a dinâmica do crime. De acordo com a polícia, Paulo Cupertino pode ter mudado a aparência física para tentar escapar da prisão.

Segundo investigações, quatro carros teriam sido usados por Paulo Cupertino na fuga, um dos carros foi abastecido com o cartão de uma parente.

Atualmente, o comerciante segue sendo procurado em São Paulo, onde teria cometido o crime, e também no interior do estado. As buscas ainda se estendem por cidades outras cidades como: Goiás, Espírito Santo e Minas Gerais.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo