Um vídeo íntimo atribuído à atriz Paolla Oliveira circula no WhatsApp. Segundo o jornal O Dia, ao tomar conhecimento do fato, a atriz informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que iria se dirigir o mais breve possível à Delegacia de Crimes de Informática, na Cidade da Polícia, no Jacarezinho, zona norte do Rio de Janeiro. A morena abrirá um boletim de ocorrência por calúnia e difamação.

O advogado de Paolla, Ricardo Brajterman, contou à equipe do jornal O Diaquais seriam as providências que tomaria a respeito do fato e afirmou, ainda, que a Mulher que aparece no vídeo foi identificada como uma famosa atriz de filmes adultos, chamada Verônica Radke. Ainda segundo o advogado da atriz, no trecho do vídeo que está sendo veiculado, a atriz acaba se parecendo com Paolla devido ao ângulo da filmagem.

Homem que narra vídeo será procurado

De acordo com o jornal O Dia, Brajterman afirmou que sua cliente tem tatuagens pelo corpo, e a mulher que aparece no vídeo não. O advogado da atriz enfatizou que a atribuição do vídeo seria uma tentativa de difamação e que o procedimento criminal seria instaurado. O site Xvideos, que divulga conteúdo adulto, também será notificado para que retire as imagens do ar o mais rápido possível.

Brajterman ainda ressaltou que o homem responsável por narrar o vídeo e citar o nome da atriz também será procurado.

Ricardo Brajterman já atendeu outros Famosos, como Walcyr Carrasco e Bruno Gagliasso, e afirmou que a prática de crimes virtuais, como a atribuição de vídeos íntimos a artistas, é muito comum. O advogado afirmou que em buscas por nomes de famosos em sites adultos muitos resultados serão encontrados, e que no caso de Paolla, alguns trechos de vídeo de atrizes, em ângulos recortados, acabam se assemelhando à atriz.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos Polícia

Atriz já teve fotos íntimas vazadas

Segundo o site TV Foco, Paolla Oliveira, que está no ar como Vivi Guedes, em "A Dona do Pedaço", já teve, de fato, fotos íntimas vazadas. Durante as gravações da minissérie “Assédio”, da Globoplay, um funcionário da produção da Rede Globo teria divulgado imagens da atriz se trocando nos bastidores do set. Na ocasião, seus seios ficaram expostos.

Na época do ocorrido, a atriz se pronunciou acerca do caso e afirmou que o responsável pela divulgação não teria perdão.

O processo correu na Justiça da forma legal. Outras atrizes já foram afetadas pela prática de atribuição de suas imagens em vídeos íntimos. Mônica Iozzi e Cleo Pires já tiveram suas "sósias" em filmes adultos pela prática de recortes em trechos de vídeo que acabaram deixando as atrizes parecidas com as mesmas.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo