Patrícia Poeta, apresentadora do “Encontro” durante o período de férias de Fátima Bernardes, mostrou-se abalada com a morte de um funcionário da Rede Globo. No programa, Poeta se emocionou ao falar sobre a morte do engenheiro João Napoli, contratado da emissora carioca. Napoli morreu no último domingo (28), após ser esfaqueado por um morador de rua no Rio de Janeiro.

João foi esfaqueado em um semáforo, nas proximidades da Lagoa Rodrigo de Freitas.

A noiva do engenheiro, Caroline Moutinho, de 29 anos, com quem se casaria mês que vem, estava com a vítima e também foi atingida por golpes de faca. Ela resistiu aos ferimentos e não corre risco de morte.

Após o crime, o suspeito foi identificado como Plácido Correa de Moura, de 44 anos. O ataque foi em uma das áreas mais nobres do Rio de Janeiro, o bairro Humaitá.

Engenheiro não foi a única vítima fatal

Além do engenheiro, o suspeito fez mais uma vítima fatal.

Um professor de educação física que estava passando pelo local e tentou ajudar os feridos também foi atingido e morto por golpes de faca.

Ao comentar o caso no programa "Encontro", emocionada, Patrícia Poeta aproveitou para desabafar sobre a segurança na cidade do Rio de Janeiro. De acordo com a revista Claudia, a apresentadora disse que o crime aconteceu em um lugar lindo da cidade, o que acaba trazendo ainda mais insegurança para os moradores.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos Polícia

Patrícia ressaltou que, no momento em que foi atacado, Napoli estava indo com a noiva para almoçar com a avó. Ela também citou a morte do professor, que não conseguiu voltar para casa, para almoçar com a mãe. Com a voz embargada, a apresentadora disse que tudo aconteceu em um domingo comum, mas que terminou de forma brutal.

No programa, Patrícia também disse que, diante de tanta insegurança, as pessoas não conseguem nem ao menos almoçar com a mãe, ou com a avó.

“Isso choca todos nós”, desabafou.

Ainda de acordo com a revista Claudia, dando continuidade à fala da apresentadora no programa, a atriz Ingrid Guimarães confessou que vive com a constante insegurança de "perder alguém" no Rio de Janeiro. A artista disse também que é muito triste pensar que, no país que vivemos, precisamos nos questionar: “Qual será nossa vez? Quando chegará nossa hora?”.

Ana Maria Braga comenta a morte do engenheiro

De acordo com informações do site do jornal Correio, no programa "Mais Você" desta segunda-feira (29), Ana Maria Braga também comentou sobre a morte do engenheiro João Napoli.

Depois de citar o caso, a apresentadora disse que "assim a vida continua", com a população cada vez mais se sentindo com medo e acuada. Ana citou ainda que a violência está em diversos locais do país, mas quando olha para o Rio de Janeiro, tão lindo e tão maltratado, sente dor no coração.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo