As gravações da novela "Éramos Seis", que substituirá "Órfãos da Terra" no horário das 18h, já estão a todo vapor. A novela deverá estrear em meados de setembro. Prova disso é que Glória Pires postou em sua conta do Instagram um clique no qual aparece caracterizada como Lola, sua personagem na trama.

Ao postar a imagem em questão, Glória destacou que ela fazia parte de um #TBT, sigla que significa throwback thursday (em tradução livre, quinta-feira de relembrar). Entretanto, de acordo com a atriz, ela não tinha certeza se a foto se tratava de uma lembrança do passado ou do futuro, uma vez que a novela em questão possui outras versões.

Glória ainda comentou os personagens que seriam interpretados pelas outras atrizes que apareciam ao seu lado na postagem. Dessa forma, é possível saber que Simone Spoladore dará vida a personagem Clotilde e que Maria Eduarda de Carvalho interpretará Olga. Ambas as personagens são irmãs de Lola na trama.

A história de "Éramos Seis" gira em torno de Lola e sua família. A protagonista é casada com Júlio, que será interpretado pelo ator Antônio Calloni. Lola também é a mãe dos personagens que serão vividos pelos atores Nicolas Prattes, André Luiz Frambach, Danilo Mesquita e Giullia Buscacio.

Além da versão que será veiculada em breve pela Globo, "Éramos Seis" já contou com versões transmitidas pela Record, ainda na década de 1950, e também pela antiga TV Tupi, no ano de 1977.

A versão mais recente da trama a ser exibida na TV, entretanto, é a do SBT, que foi produzida em 1994.

Conheça a história

A novela "Éramos Seis" é uma adaptação literária do romance de Maria José Dupré de mesmo nome. Na versão veiculada pelo SBT, a trama tem início em São Paulo, na década de 1920, e conta as lutas do patriarca da família para pagar as prestações da casa da família.

A novela se dedica a acompanhar todos os pontos marcantes da vida de Lola ao longo de 20 anos. A luta para conseguir criar os quatro filhos; a morte do marido, que força os quatro a abandonarem os estudos para trabalhar; e também os desdobramentos das decisões tomadas pelos filhos da protagonista, que envolvem mortes e alguns outros acontecimentos tristes.

Entretanto, ainda que diversos acontecimentos marcantes da trama de "Éramos Seis" sejam trágicos, também existiram nas versões anteriores da novela momentos leves e personagens que funcionaram como um alívio cômico para Lola e o telespectador. Nesse sentido, é possível destacar Candoca, a tia hipocondríaca da protagonista.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Novelas
Seguir
Siga a página Cinema
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!