A apresentadora Patrícia Abravanel estava ausente do comando de um programa desde 2017, ocasião em que o "Máquina da Fama" foi finalizado. Entretanto, ela voltará ao ar no próximo sábado (17), para comandar uma versão repaginada do "Topa ou Não Topa".

A herdeira de Silvio Santos está bastante otimista como seu novo programa. Nesse sentido, ela prometeu até mesmo uma briga pela audiência com Luciano Huck, que domina as tardes de sábado com o "Caldeirão do Huck", da Rede Globo.

A provocação aconteceu depois que o diretor da nova versão do "Topa ou Não Topa", Michael Ukstin, afirmou que, além de dinheiro, a atração pretende dar ao participante prêmios que de alguma forma estejam conectados à sua história de vida.

Entretanto, de acordo com Ukstin, esses prêmios não serão dados de imediato, mas sim algo que virá em breve na atração. As afirmações do diretor foram feitas em um evento direcionado aos jornalistas, que aconteceu durante a última terça-feira (13).

Ainda a respeito dos prêmios futuros, o diretor ressaltou que, primeiramente, patrocinadores serão procurados para dar os prêmios. Nesse sentido, Michael Ukstin declarou também que se a pessoa estiver precisando de um food truck, os responsáveis pelo "Topa ou Não Topa" vão procurar por alguém que possa fornecê-lo.

O "Topa ou Não Topa" será exibido nas tardes de sábado, no horário das 15h30, tomando uma parte do horário que atualmente é ocupado por Raul Gil na emissora.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos

Atualmente, o programa comandado por Gil perde por muitos pontos de audiência para a atração da Globo veiculada no mesmo horário. Em algumas situações, Raul Gil chega até mesmo a ficar atrás da Record TV.

O programa já foi veiculado em momentos anteriores pelo SBT, chegando a ficar no ar por cinco anos, no período compreendido entre 2006 e 2011. Entretanto, na época, ele era conduzido por Silvio Santos e por Roberto Justus.

Quem propôs a repaginação do formato para Patrícia Abravanel foi o próprio Silvio Santos. A apresentadora afirmou que se sentiu um pouco apreensiva por se tratar de uma reciclagem de uma atração já veiculada, mas após as gravações ela percebeu que seu pai estava correto em desejar investir no formato novamente.

Ainda a respeito do "Topa ou Não Topa", Patrícia afirmou que o programa tem tudo a ver com ela e que ela deseja que o público goste bastante do programa.

Conheça o formato

O programa tem início contando com 26 maletas, todas elas fechadas e devidamente numeradas. Todas elas contêm diferentes valores, que estão situados entre R$ 1 e R$ 1 milhão em barras de ouro.

O participante selecionado para o jogo escolhe uma das maletas aleatoriamente, na qual ele acredita estar o prêmio máximo. Durante todo o jogo a maleta permanece fechada e ele precisa escolher uma nova maleta por vez.

Essas maletas escolhidas no decorrer do "Topa ou Não Topa" são abertas e têm o seu valor mostrado.

A cada vez que uma maleta contendo um valor baixo é aberta, isso aumenta as chances do participante de conseguir ganhar o prêmio máximo. Mas as altas, por sua vez, podem fazer com que o participante se dê mal.

Quando uma rodada é finalizada, o participante recebe uma proposta de compra de sua maleta e precisa decidir se vende ou não. Caso ele aceite, o valor proposto será o seu prêmio. Se não, ele precisará continuar jogando e arriscando até o final.

O novo formato contará com uma novidade: uma contraproposta. Durante uma ocasião, o participante poderá negociar a venda da maleta. Entretanto, essa contraproposta poderá não ser aceita.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo