Os casos de Lyris (Deborah Evelyn) com rapazes mais jovens acabarão colocando a dondoca em uma situação complicada. Em breve, a personagem chegará ao ponto de ir presa por tentar ajudar Rael (Rafael Queiroz) em uma negociação duvidosa. As informações são do site Observatório da Imprensa.

O sobrinho de Amadeu (Marcos Palmeira) continuará a sua chantagem contra Josiane (Agatha Pereira). Entretanto, como a aspirante a blogueira não possui mais dinheiro para pagar por seu silêncio, ele pegará uma das obras de arte que decoram a mansão como pagamento.

Por não compreender muito bem o que fazer com o quadro, Rael pedirá ajuda a Lyris para conseguir dinheiro com a peça, visto que ela é a única pessoa conhecida do rapaz capaz de saber como vender o item.

Lyris aceitará ajudar o amante e levará o quadro até uma galeria de arte. Uma vez no local, ela oferecerá a obra para um dos funcionários da galeria. Entretanto, ele acabará chamando a polícia por acreditar que o quadro foi roubado.

Lyris pede ajuda a Agno

A polícia chegará a galeria e acabará levando tanto Lyris quanto Rael para a delegacia, afim de que prestem maiores esclarecimentos a respeito da obra de arte. Uma vez atrás das grades, Lyris vai procurar por seu ex-marido, Agno (Malvino Salvador), para que ele lhe ajude a sair da cadeia.

Embora Agno vá auxiliá-la, o empresário perguntará se ela não poderia ligar para outra pessoa para lhe ajudar com esse tipo de coisa. Lyris, porém, dirá que ex-maridos servem para essas finalidades.

Então, o delegado contará a Agno que Lyris estava tentando vender um quadro que foi roubado. A dondonca rebaterá afirmando que toda a situação se trata de um engano. Entretanto, o funcionário da galeria afirmará que não se trata de um engano e que ele conhece Lyris de outros tempos e que ficou sabendo a respeito do golpe que Agno lhe deu durante o processo de divórcio, deixando-a sem dinheiro.

Então, Rael explicará o que aconteceu de verdade e como Josiane lhe deu o quadro como parte de um acordo. Nesse ponto do diálogo, Agno perceberá a necessidade de ter um advogado presente na delegacia.

Agno, então, afirmará que é melhor sua ex-esposa ligar para o seu advogado, uma vez que o dele, Antero (Ary Fontoura), teve um aneurisma e não pode mais atender.

Agno ainda ressaltará que paga pelos ordenados do advogado e que não pode deixar a mãe de Cássia (Mel Maia) na cadeia. Porém, o empresário não deixará de aproveitar a oportunidade para intimidar Lyris e afirmará que pode voltar a pedir a guarda da filha agora que ela possui passagem pela polícia.

Segundo o Observatório da Imprensa, as cenas estão programadas para ir ao ar no dia 17 de setembro e são parte integrante do capítulo de número 104 de "A Dona do Pedaço".

Siga a página Novelas
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!