"A Dona do Pedaço" está prestes a entrar em seu último mês de exibição e os desfechos de muitos personagens já começarão a ser traçados, como é o caso de Josiane (Agatha Moreira), que enfim será julgada pelas mortes de Lucas (Kainan Ferraz) e Jardel (Duio Botta). Um momento que promete roubar a cena no tribunal será protagonizado por Maria da Paz (Juliana Paes), que terá um surto diante da constatação de que a filha teria sido a responsável pelos crime. Desesperada, a boleira deixará o júri surpreso ao gritar que é culpada pelos assassinatos cometidos pela filha.

O testemunho de Maria da Paz

Josiane tanto aprontou, mas a hora de pagar por seus crimes está chegando.

A vilã será levada ao tribunal e responderá como ré diante das mortes do mordomo da mãe e seu companheiro. Alguns personagens serão ouvidos pelo júri para darem suas versões sobre os crimes, mas será Maria da Paz quem deixará a todos surpreendidos com suas palavras.

"Eu falhei na missão mais importante da vida de uma mãe. Eu não soube criar minha filha", dirá a boleira, acrescentando ainda que deveria ser presa no lugar de Josiane. A boleira ainda incrédula de que a filha seria uma assassina pedirá a vilã que diga que tudo é mentira para que ela pudesse acreditar em suas palavras pelo menos uma vez.

Maria se coloca a disposição de Jô para ajudá-la caso ela não seja uma criminosa, mas a vilã volta a fazer pouco caso da mãe no tribunal.

Desesperada e em surto emocional, a boleira se declara culpada pelas mortes de Jardel e Lucas por não ter conseguido tornar Josiane uma boa pessoa durante toda sua criação. Por fim, a protagonista dirá que acabou estragando a filha com as próprias mãos por tê-la mimado demais.

A sentença de Josiane

A essa altura da trama, Josiane ainda responderá por um novo crime, a tentativa de assassinato contra Téo (Rainer Cadete), que dará seu depoimento deixando a vilã em uma situação ainda mais eminente para ser presa.

O fotógrafo contará detalhes do que teria passado nas mãos da megera após descobrir que ela teria sido a assassina de Jardel.

Após o depoimento de Maria da Paz e Téo, chegará a vez de Josiane contar sua versão a respeito das acusações que enfrentava. Dissimulada, a vilã negará ser uma assassina. A filha da boleira mentirá, dizendo que não teve envolvimento na morte de Lucas, que Téo queria apenas se vingar dela e que teria empurrado Jardel sem a intenção de matá-lo.

Mesmo tentando fazer a boa moça e usando de suas mentira, Josiane não conseguirá ludibriar os jurados e acabará sendo condenada a 30 anos de prisão.

O julgamento da vilã e o desespero de Maria da Paz ao se dar conta de que a filha é uma assassina está previsto para ser exibido no próximo dia 9 de novembro.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Novelas
Seguir
Siga a página Televisão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!