Logo após a última prova do fazendeiro, em "A Fazenda", que aconteceu na última segunda-feira (7), Tati Dias procurou por Guilherme para conversar sobre a maneira como ele estava tratando-a durante a competição.

A chef de cozinha afirmou que o metroviário estava agindo de maneira distanciada e fria com ela. Entretanto, para Guilherme, o seu comportamento não tem nada de seco para com a peoa.

Após ouvir as afirmações de Tati, o participante destacou que não estava agindo de forma seca, e que havia até mesmo feito café para ela.

Além disso, o metroviário apontou que os dois haviam feito o almoço e passado tempo juntos na casa da árvore.

Porém, em um tom menos pacífico, Guilherme acusou Tati de estar tentando provocá-lo, e ele, por sua vez, estaria somente tentando não responder a essas provocações.

Depois dessa fala, foi a vez de Tati discordar da visão do metroviário acerca do seu comportamento. A chef então questionou de que forma ela estaria provocando o companheiro de confinamento, e Guilherme procurou explicar para ela.

Provocações

Nesse sentido, para o “segurança gato do metrô”, Tati estaria tentando encontrar uma maneira de causar uma discussão com ele. Na ocasião, Guilherme ainda perguntou se ela tinha realmente essa intenção, e destacou que, em caso de resposta positiva, ela não precisava ir muito longe com as suas tentativas.

Ainda sobre as tentativas de provocação de Tati, o metroviário destacou que sempre a considerou alguém legal e que ela até mesmo surpreendeu as expectativas que ele tinha no início.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos A Fazenda

Após fazer silêncio por algum tempo, Tati respondeu os comentários de Guilherme afirmando desconhecer os motivos do companheiro de confinamento para falar isso. A chef ainda destacou que o peão estaria levando algumas brincadeiras feitas por ela a sério. Entretanto, para Tati, essas brincadeiras sempre aconteceram entre eles, e datam de momentos anteriores ao beijo entre eles.

Nesse ponto da conversa, o metroviário procurou justificar as suas atitudes, e deixou mais claro o seu descontentamento com a companheira de confinamento.

Guilherme então apontou que também fazia brincadeiras com Tati, mas que considerava algumas das feitas pela peoa um pouco desnecessárias.

Ao fim de sua fala, o metroviário ainda fez questão de destacar que Tati passará a perceber quando ele não estiver gostando das brincadeiras direcionadas a ele dali em diante, de modo que não será preciso dizer nada, exatamente como ele percebe quando ela não está gostando dos comentários que partem dele.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo