A próxima novela das 21h da Globo se chamará "Amor de Mãe", e contará as histórias de três mulheres e de sua luta para criar os filhos. As protagonistas da trama de Manuela Dias serão interpretadas por Regina Casé, Tais Araújo e Adriana Esteves.

Sobre a trama, é possível destacar que cada uma delas se relacionará de maneira distinta com a Maternidade e as histórias das três vão se conectar com o avanço da trama de "Amor de Mãe".

Na vida real, as três protagonistas também são mães e precisam lidar com os desafios enfrentados diariamente. Devido a isso, o UOL conversou com cada uma delas a respeito disso e perguntou quais são os aprendizados retirados de suas personagens, que se chamarão Lurdes, Thelma e Vitória.

A primeira entrevistada foi Regina Casé, que afirma ser muito ligada à sua família. Ela esteve afastada das Novelas por um longo período e afirmou que estava esperando um bom convite para retornar às telinhas.

Durante a entrevista em questão, Casé afirmou que não será fácil passar várias horas afastadas dos seus filhos. A atriz é mãe de Benedita, de 30 anos de idade, e de Roque, de apenas 6 anos de idade. De acordo com ela, a sua participação em "Amor de Mãe" foi bastante programada, visto que ficar longe da família seria difícil, mas Regina está otimista.

A atriz anda comentou que a sua maturidade faz com que ela seja uma mãe melhor para Roque do que foi para Benedita, visto que várias coisas são diferentes, inclusive a sua insegurança.

Adriana Esteves e Tais Araújo

Adriana Esteves é mãe de Felipe e também madrasta de Agnes, filha de Vladmir Britcha e Gena Karla. Apesar de possuir um arranjo diferenciado de família, a atriz garante que é uma mãe “absolutamente comum”, que procura proteger os filhos e luta para que tenham uma boa educação.

Na trama de "Amor de Mãe", a atriz interpreta Thelma, que é uma mãe super-protera para Danilo (Chay Suede). Ao descobrir uma doença, a personagem de Adriana Esteves esconde do seu filho e procura por maneiras criativas de vier a vida conservando a sua esperança.

Embora se assuma como uma mãe protetora, Adriana afirma que procura não invadir o espaço de seus filhos e lhes dá toda a liberdade necessária para crescer com autonomia, sendo diferente de sua personagem.

Por fim, a atriz Taís Araújo destacou algumas semelhanças entre a sua personagem, Vitória, e a sua própria relação com a maternidade. Vitória deseja se tornar mãe, mas não consegue engravidar e acaba pensando em adoção.

Na vida real, Tais afirma que chegou a pensar em fazer o processo de fertilização in vitro para se tornar mãe. Entretanto, pouco antes que ela pudesse dar início a esse processo, ela descobriu grávida de João.

Siga a página Novelas
Seguir
Siga a página Relacionamento
Seguir
Siga a página Televisão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!