A Rede Globo atualmente vem passando por um momento de crise, e devido a isso vários cortes e mudanças na emissora vêm ocorrendo ao longo dos últimos meses.

A crise econômica que tomou conta da emissora nos últimos tempos é devido ao fato de que ocorreu uma grande diminuição na receita do último ano, o que gerou os cortes atuais que a emissora vem sofrendo em vários setores.

Com isso, agora no final do ano, a festa de confraternização que costuma reunir os funcionários da Rede Globo não irá ocorrer, segundo informou o colunista Leo Dias, do portal UOL. O motivo é exatamente a crise que está assolando a emissora.

Devido a isso, neste ano a festa que une todos os funcionários da emissora não irá ocorrer.

Ainda segundo o colunista, até o momento a emissora não enviou nenhum comunicado falando do assunto, mas os funcionários da Globo já sabem que isso irá ocorrer neste ano. A tradicional festa no sítio Lajeado, na zona oeste do Rio de Janeiro, não acontecerá neste ano. No ano passado, a mesma de comemoração, que contou com milhares de funcionário da emissora, chegou até mesmo a contar com a presença de Dennis DJ como atração musical do evento.

Demissões, crises e cortes na Rede Globo

A decisão de que as festas não aconteçam, no entanto, vão ao encontro das várias demissões que aconteceram na emissora neste ano.

No início do mês de novembro, cerca de 100 funcionários foram demitidos dos Estúdios Globo.

Nesta última semana, os cortes, que já vem ocorrendo há algum tempo, chegaram até a Editora Globo, e contou com mais 40 demissões. Estas demissões que vem acontecendo, no entanto, fazem parte de um projeto de reestruturação do Grupo Globo.

O objetivo é que a TV Globo, a Globosat, a Som Livre, a Globoplay, a Globo.com e a DGCorp, a Diretoria de Gestão Corporativa, tornem-se unificadas ao final deste projeto. No momento, estima-se que ao final de todo o processo de reestruturação as demissões possam chegar até a 4 mil.

Mesmo que a confraternização deste ano tenha sido cancelada em função dos cortes da emissora, as cestas natalinas que são dadas aos funcionários todos os anos ainda serão garantidas.

Isso porque estas cestas são garantidas pela emissora através de permutas, e, por isso, os kits já foram todos separados para serem entregues aos funcionários em breve.

No entanto, um outro benefício que o Grupo oferece todos os anos ainda não foi informado que irá acontecer. A Globo oferece para seus funcionários todos os anos um cartão para ser utilizado em supermercados para poder reforçar a ceia de Natal. Até o momento, no entanto, não se sabe se este benefício será entregue aos funcionários ou também faz parte da suspensão de gastos deste ano. No ano anterior, o cartão dado pela emissora era no valor de R$ 500.

Siga a página Televisão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!