Felippe Facincanni, jornalista e comentarista no Fox Sport Rádio, protagonizou uma polêmica ao falar do prato de arroz e ovo que um torcedor estava comendo.

Depois que a história ganhou notoriedade nas redes sociais, o telespectador que foi zoado mandou um vídeo onde questionava a postura de Fellipe Facincanni.

Na segunda-feira (11), o comentarista disse que se fosse para comer arroz com ovo, ele preferia não comer nada, ainda chamou a comida do telespectador de nojeira e disse que parecia a ração que ele dava para a cachorra dele.

Depois do tamanho da repercussão da fala do comentarista, ele resolveu se retratar. Felippe começou pedindo desculpas aos apresentadores do Fox Sport Rádio.

Depois ele continuou a retratação, disse que na segunda-feira, ele fez uma brincadeira de extremo mal gosto com um telespectador. Felippe disse que ele não é uma pessoa que tem preconceito de nenhum tipo, nem racial nem social, e que foi muito estúpido ao zombar da alimentação do telespectador.

Essa não foi a primeira polêmica de Felippe

Em agosto deste ano, Felippe Facincanni se envolveu em uma polêmica.

A torcida do Vasco proferiu gritos com ofensas homofóbicas, e Felippe minimizou a situação.

Tudo aconteceu em um jogo que o Vasco disputou e ganhou do São Paulo, em São Januário. Mas depois de o Vasco da Gama fazer seu primeiro gol, a torcida cruzmaltina fez um coro de ofensas homofóbicas contra o São Paulo.

Anderson Daronco, que estava apitando aquele jogo, teve de parar a partida para poder fazer os torcedores do Vasco da Gama pararem as ofensas contra o São Paulo.

Depois, no programa "Expediente Futebol", da Fox Sport, Felippe Fancincanni disse que existe uma linha entre o preconceito e a brincadeira e que os gritos da torcida cruzmaltina não eram preconceito, mas sim uma tiração de sarro.

Ainda disse que até os homossexuais costumam dizer essas palavras um com o outro. Felippe disse que na opinião dele, a discriminação só acontece quando a pessoa é impedida de exercer um direito social por aquele motivo.

Felippe Facincanni disse que para ele os gritos homofóbicos num estádio de futebol não passam de mera provocação, para desestabilizar o time adversário.

O comentarista ainda disse que no futebol isso é normal e para ele passa batido. Ele disse que não é uma pessoa racista ou homofóbica.

Ele finalizou dizendo que apenas separa o que é tiração de sarro com o que é de fato preconceito contra alguém, uma ação de ódio. Felippe Facincanni disse que respeita as opiniões das pessoas e que espera que compreendam o ponto de vista dele.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Fofocas
Seguir
Siga a página Dieta
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!