Durante uma entrevista concedida ao portal UOL, a atriz Letícia Lima afirmou que sofre com dois problemas bastante característicos dos tempos atuais: crises de ansiedade e depressão. Na ocasião, ela também revelou que controla as doenças citadas por meio de terapia e do uso de medicamentos.

Atualmente, Letícia está de volta ao Brasil para integrar o elenco da novela "Amor de Mãe", que substituirá "A Dona do Pedaço" na faixa de horário das 21h a partir do dia 25 de novembro. Na trama de Manuela Dias, a atriz dará vida a Estela, uma piloto de avião.

Ainda sobre a depressão e a ansiedade, Letícia comentou durante a entrevista que as duas doenças estão frequentemente associadas. A atriz ainda detalhou que quando dorme por várias horas em um mesmo dia, compreende isso como um sintoma da depressão e fica alerta. Além disso, ela também destacou que situações de insônia estão ligadas à ansiedade e também despertam a sua atenção.

Letícia Lima está em uma boa fase da sua carreira e afirmou que está bem contente consigo mesma. Apesar disso, ela destacou que é necessário estar sempre alerta para identificar potenciais gatilhos como forma de evitar uma recaída.

Ainda de acordo com Letícia, essa não é uma tarefa das mais fáceis, mas ela aprendeu a perceber alguns padrões ligados a isso. Encerando o assunto, a atriz ainda destacou que é ideal procurar ajuda profissional em casos como o dela.

Esclarecimentos maiores

Pouco antes de dar início às gravações de "Amor de Mãe", Letícia Lima estava fora do Brasil. A atriz passou quatro meses na cidade de Los Angeles, nos Estados Unidos, para estudar.

Sobre essa ocasião, ela fez questão de esclarecer que o fato de estar sozinha em um país estrangeiro não está relacionado à depressão.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Famosos Saúde

Ela também pontuou que o término do seu relacionamento com a cantora Ana Carolina também não desempenhou um papel nisso.

Assim, de acordo com Letícia, quadros depressivos surgiram em sua vida mesmo em momentos nos quais ela estava acompanhada, enquanto durante o seu período no exterior, nenhum episódio do tipo aconteceu.

Devido a isso, Letícia Lima fez questão de ressaltar que solidão e depressão não possuem conexão para ela, visto que nem sempre estar sozinho precisa ser algo triste –como, de fato, não é para ela.

Letícia afirma que percebe a solidão como uma escolha.

Sobre a associação comum entre o término e a depressão, Letícia fez questão de pontuar que quando está solteira sente maior facilidade em manter o foco em suas necessidades pessoais. Portanto, para ela, é mais fácil manter a concentração em sua vida e evitar que crises aconteçam.

Por fim, é possível destacar que enquanto alguém que cresceu como filha única, Letícia afirma que aprendeu a não depender da companhia alheia para realizar as atividades que gosta.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo