Nos últimos meses muitas informações de contratos e outros assuntos envolvendo a Rede Globo e suas estrelas têm vazado, e várias destas informações sequer foram desmentidas por qualquer uma das partes envolvidas no assunto.

Segundo informações do colunista Ricardo Feltrin, do portal UOL, algumas estrelas da Rede Globo, que supostamente estariam insatisfeitas com o que a emissora vem oferecendo, estariam sendo procuradas por pessoas da Record TV para falar a respeito de uma possível contratação.

Muitas mudanças têm acontecido na Rede Globo recentemente, com alguns contratos não sendo renovados junto de grandes estrelas da casa, que não querem continuar ligadas à emissora por mais tempo.

Apresentadores destaques da emissora

Segundo Feltrin, entre as estrelas conhecidas da casa pelo público que estão sendo sondadas no momento pela Record TV estão oS apresentadores Zeca Camargo e Patrícia Poeta. Além deles, também estaria sendo sondada pela emissora a apresentadora Angélica.

Zeca e Patrícia, segundo Feltrin, teriam sido contatados pela emissora para conversar sobre uma possível contratação. No caso de Patrícia Poeta, a emissora descobriu com o contato que o contrato da jornalista está previsto para vencer apenas no ano de 2021.

Zeca, por outro, lado terá o seu contrato vencido no próximo ano, assim como a apresentadora Angélica. Os dois no momento estão no radar da emissora que tem muito interesse em conversar sobre uma possível contratação.

Contudo, o que todos estes profissionais da emissora têm em comum no momento é a insatisfação sentida em relação à emissora da qual fazem parte atualmente. A Rede Globo, inclusive, declarou que caso ela renove o contrato com estes artistas será uma realidade bem diferente da vivida atualmente.

O que, na realidade, significa que eles terão de aceitar que os seus ganhos na emissora terão uma significativa redução, da mesma forma como já está acontecendo em outras áreas da emissora junto a outros profissionais contratados.

Atualmente, a Globo tem entrado em um processo que está colocando um fim aos "supersalários" recebidos pelos seus contratado e fazendo uma redução na folha salarial. A razão era que alguns repórteres esportivos, por exemplo, chegavam até mesmo a ganhar seis dígitos com a emissora e entravam no ar somente por uma ou duas vezes por semana, no máximo.

A emissora também tinha atores e atrizes que ganhavam mais de R$ 100 mil e faziam mais trabalhos no cinema ou teatro do que dentro da própria emissora. Por isso, esta seria uma das justificativas da emissora para poder reduzir alguns salários de contratados, e assim realizar os cortes que têm feito em relação ao grupo de trabalho da emissora.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Televisão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!