Foi com muita tristeza que os brasileiros receberam na noite de sexta-feira (22), a noticia do falecimento de um dos maiores nomes da televisão nacional. Foi anunciada a morte cerebral do apresentador Gugu Liberato, de 60 anos. O artista faleceu em Orlando, nos Estados Unidos, onde se encontrava para passar 5 dias com a esposa e os três filhos.

Gugu havia acabado de chegar em sua mansão na quarta-feira (20) quando subiu no sótão da casa para trocar o filtro de um ar-condicionado. O piso do sótão, que era de gesso, cedeu e Gugu caiu de uma altura de quatro metros, vindo a cair no piso da cozinha da casa.

Gugu bateu violentamente a sua cabeça e foi prontamente socorrido para o hospital Orlando Health Medical Center. Gugu já chegou ao local em situação grave, sendo avaliado no grau 3, da escala usada para medir a consciência e as lesões cerebrais após um trauma.

A assessoria do apresentador revelou nesta sábado que o corpo do apresentador será transladado para o Brasil e que o seu velório tem previsão para ocorrer até quinta-feira (28), na Assembléia Legislativa de São Paulo. De acordo com Esther Rocha, a Assembléia Legislativa ofereceu o local para a realização da cerimônia de despedida do apresentador. Ainda de acordo com a assessora, no começo da próxima semana haverá uma reunião para acertarem todos os detalhes do velório do artista no local.

O velório de Gugu Liberato será aberto ao público, para que possam prestar uma última homenagem ao artista, que é um dos maiores nomes da televisão brasileira. O corpo de Gugu Liberato será sepultado no cemitério do Morumbi, em São Paulo, local onde foi enterrado o seu pai. Ainda não foram repassadas informações sobre o dia e o horário para o sepultamento do apresentador.

Doação de órgãos

O corpo do apresentador Gugu Liberato somente será trago para o Brasil, após a retirada dos seus órgãos para doação. No comunicado lançado pela sua assessoria, informando a morte do artista na noite de sexta-feira foi informado que a família do apresentador autorizou a doação dos seus órgãos, visto que foi constatado a sua morte cerebral.

Segundo o comunicado, essa era a vontade do comunicador.

De acordo com médicos do hospital onde Gugu Liberato ficou internado na Unidade de Terapia Intensiva, desde o momento de sua queda, a doação de órgãos beneficiará em torno de 50 pessoas. O sistema de doação de órgãos nos Estados Unidos é mais avançado do que no Brasil e é possível que sejam retirados para doação as córneas, pele e ossos da vítima, além de outras parte do seu corpo. Os órgãos serão repassados para pacientes que aguardam ansiosamente por um doador na fila de espera nos Estados Unidos.

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!