Os episódios de perda de memória de Alberto (Antonio Fagundes) se tornarão ainda mais frequentes e intensos nos próximos capítulos de "Bom Sucesso".

Em um determinado momento, o editor chegará a atacar ônibus nas ruas por pensar que se tratam de monstros que estão perseguindo-o, por imaginar que seja Dom Quixote, de Miguel de Cervantes. Nessa ocasião, ele cairá da cadeira de rodas e precisará ser hospitalizado.

Uma vez no hospital, o médico dirá que o estado de saúde do protagonista da trama de Rosane Svartman e Paulo Halm é bastante delicado.

Isso fará com que Alberto comece a pensar em maneiras de colocar um ponto final em sua vida, o que ele acredita ser a única forma de interromper os episódios de perda de memória e o avanço da demência.

A primeira pessoa a descobrir sobre as ideias do patriarca dos Prado Monteiro será Vera (Angela Vieira), mas como ela não se mostrará favorável a ajudar Alberto os planos de eutanásia, o editor continuará se informando sobre o assunto, e terá uma conversa com Machado (Eduardo Galvão), o seu advogado, sobre as suas possibilidades.

Durante essa conversa, Machado contará a Alberto que existem métodos similares à eutanásia fora do Brasil. Entretanto, tais procedimentos são proibidos em território nacional, dificultando o acesso.

Ainda nessa ocasião, o advogado revelará que o pai de Nana (Fabíula Nascimento) pode deixar uma declaração de ortotanásia, que deve ser feita em cartório.

Machado explicará que o procedimento, contrariamente a eutanásia, é permitido por lei mediante a aprovação de uma equipe médica.

Essa aprovação, porém, somente é dada quando não existem possibilidades de reverter o quadro do paciente, como em casos ligados às doenças terminais.

Partir sem sofrimento em 'Bom Sucesso'

Essa explicação fará com que Alberto se alegre por descobrir que existe a possibilidade de partir sem maiores sofrimentos. Assim, após a explicação de Machado, o editor dirá que os médicos possuem meios adequados para verificar se ele se encaixa nos critérios descritos pelo advogado.

Também durante a sua fala, Alberto dirá que teve uma vida incrível, e que deseja continuar aproveitando a companhia das pessoas que ama enquanto puder. Entretanto, o editor somente quer fazer isso desde que esteja lúcido.

Devido a isso, ele dirá a Machado que quando a sua partida já estiver próxima, e ele estiver “desenganado”, e mantendo-se vivo graças ao suporte de aparelhos, para ele, a vida não valerá a pena. Ao fim de sua fala, o editor ainda dirá que a humanidade já evoluiu o bastante, mesmo que por vezes não se tenha essa impressão.

Toda a conversa entre Machado e Alberto será acompanhada por Vera, que estará de canto ouvindo atentamente tudo o que os dois conversarem, mesmo discordando da decisão do editor.

As cenas estão previstas para irem ao ar no capítulo de "Bom Sucesso" que será exibido no dia 24 de dezembro.

Siga a página Novelas
Seguir
Siga a página Televisão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!