Mesmo depois de toda a tragédia ocorrida com Gabriela (Giovanna Coimbra) durante o desfile em sua loja, Eugênia (Helena Fernandes) ainda encontrará maneiras de ser odiosa ao falar sobre Paloma (Grazi Massafera).

A madame falará sobre a ex-funcionária em tom de desprezo, mesmo que ela esteja sofrendo com o acidente da filha, e será repreendida por Vera (Angela Vieira), que vai se cansar do comportamento elitista da filha e vai repreendê-la por suas atitudes de cunho preconceituoso e maldoso.

Durante o desfile na loja de Eugênia, Diogo (Armando Babaioff) vai sabotar um dos refletores queimando o cabo.

O objetivo do vilão de "Bom Sucesso" nessa ocasião será matar Alberto (Antonio Fagundes) para conseguir pegar parte da herança do sogro para si durante o seu divórcio e de Nana (Fabíula Nascimento).

Porém, Gabriela conseguirá salvar o editor e se jogará na frente do refletor para salvar a vida dele. Na ocasião, a garota será gravemente ferida e ficará entre a vida e a morte no hospital.

Paloma ficará desesperada ao ver o que aconteceu com a filha e toda a família de Alberto acabará se mobilizando para conseguir assegurar que a filha da costureira tenha tudo o que precisa para sobreviver.

Após o ocorrido, Vera lamentará o desfecho trágico do desfile. Ela, que foi uma das organizadoras do evento, dirá a Eugênia e Machado (Eduardo Galvão) que foi uma pena que tudo terminasse daquela maneira.

Eugênia age de forma elitista

Após as falas de Vera, Machado concordará que realmente foi uma tragédia e que as proporções se estenderam para outros âmbitos além do que aconteceu com Gabriela. Nesse sentido, o advogado destacará que Alberto acabou por sofrer uma recaída em decorrência do acidente.

Devido a essa recaída, Alberto voltará a perder a memória, mas se recuperará rapidamente.

Assim, Vera dirá que na última ocasião em que o editor passou por isso, ele acabou conseguindo se recuperar muito rápido e não apresentou sequelas. Entretanto, o médico responsável pelo tratamento alertou para a possibilidade de que isso voltasse a ocorrer.

Nesse ponto, Eugênia vai intervir na conversa dos dois para fazer um comentário completamente desprezível sobre Paloma.

Na ocasião, a personagem de Helena Fernandes dirá que sente pena de Alberto por ter feito tanto esforço para alavancar a “costureirinha” e ainda acabou dessa forma.

Então, Vera ficará indignada com a falta de empatia da filha e vai acabar esculachando Eugênia por falar dessa forma pejorativa a respeito de Paloma em um momento de dor como esse. Na ocasião, ela dirá a filha para ser menos preconceituosa e agir de forma mais humana com a ex-funcionária, ainda que isso seja restrito àquela ocasião.

Siga a página Novelas
Seguir
Siga a página Televisão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!