Depois de quatro anos afastada do mundo da música sem fazer shows, a cantora Kelly Key tem se dedicado mais tempo a sua carreira como influenciadora digital.

Agora, depois de quatro anos, ela retorna para o mundo da música e lança o seu single “Aumenta o Som”, que faz parte de seu novo EP de trabalho chamado “Jeito Delas”. O EP ainda conta com a participação de outros nomes conhecidos da música como Preta Gil, Cynthia Luz e Pocah. O disco conta com regravações de sucesso da cantora.

Kelly Key conversa com a Revista 'Quem'

Aos 36 anos, e com 20 anos de carreira, a cantora ainda permanece com o seu pé bem firme ao chão, mas defende, em entrevista à revista Quem, que as mulheres sejam mais valorizadas no cenário da música pop nacional.

A cantora ainda foi questionada de sua carreira, e se ela consegue se enxergar como sendo percursora de nomes de sucesso do pop nacional, como Anitta, Lexa e Ludmilla, e foi categórica ao afirmar que não discorda que isso seja possível.

Ela declarou que, caso ela falasse algo do tipo, poderia soar arrogante para quem acompanha, mas vindo de outras pessoas ela pode concordar e acredita que deu a sua contribuição para isso.

Kelly Key ainda afirma que o seu discurso desde que iniciou sua carreira era de que a mulher não precisava aturar certos comportamentos, e que hoje em dia ela se mantém firme nesse posicionamento e fica feliz com o cenário atual de mulheres no pop nacional, que têm crescido cada vez mais.

A cantora atualmente tem três filhos, Suzanna, de 19 anos, Vitor, de 13, e Artur, de 2.

Ao ser perguntada sobre a nova fase, agora que retornou à sua carreira musical, Kelly Key afirma que quer que as pessoas entendam que agora ela volta de uma forma mais madura, e que não tem pretensões quanto a bater números altíssimos de visualizações no YouTube.

Ela deseja que as pessoas se impressionem, e quer que a sua música faça algum impacto na vida de quem ouve. Ela esclarece ainda que o que ela cantava antes não faz mais o mesmo sentido para ela atualmente, e que essa fase nova de sua carreira ela vem com mais leveza e tranquilidade.

A cantora ainda comentou a respeito de quando ela iniciou a sua carreira, e que a ansiedade a dominava muito nessa época, e que ela acabava dando mais atenção para os julgamentos as pessoas ao seu redor.

Além disso, ela relembra quando as pessoas e sua gravadora falavam que ela deveria vender um milhão de cópias e que isso acabava tomando o seu pensamento o tempo inteiro, e hoje, mais madura, não vê isso como obrigatoriedade. "A maturidade não são só as rugas, né? Ainda bem que a maturidade não traz só rugas (risos)", diz a cantora.

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!