A morte prematura do apresentador Gugu Liberato no mês de novembro chocou o Brasil inteiro. O artista, de 60 anos, caiu de uma altura de quatro metros em sua casa em Orlando no dia 20 de novembro e sua morte cerebral foi confirmada dois dias depois pela família e pelos médicos que acompanham o mesmo nos Estados Unidos. Gugu subiu no sótão da sua casa para consertar um ar-condicionado quando caiu no piso de baixo, vindo a bater fortemente com a cabeça.

Menos de um mês após a morte do apresentador, um testamento deixado pelo artista foi aberto na presença de sua família e de sua companheira Rose Miriam e a partir daí começou uma disputa na Justiça pela herança e pelos bens do apresentador.

Gugu, que assinou o documento no ano de 2011, deixou como inventariante dos bens a sua irmã Aparecida Liberato e não deixou nada para a companheira de quase 20 anos. No documento, Gugu deixou os bens para os seus três filhos, João Augusto, Marina e Sofia, e uma parte para os sobrinhos.

Depois que o documento foi aberto, a família de Gugu lançou uma nota falando que advogados estariam orientando mal a mãe dos filhos do mesmo, Rose, tentando causar uma batalha judicial ente mãe e filhos. Em outro momento, a família de Gugu acusou a mulher de ter vindo para o Brasil e deixado os filhos sozinhos nos Estados Unidos. Após essa divulgação da família de Gugu, Rose informou que foi assediada pelos advogados do mesmo durante o velório do artista e que não respeitaram seu luto, fazendo com que a mesma assinasse documentos em um momento de dor.

Rose resolveu entrar na Justiça para ter sua união estável com Gugu reconhecida e assim ser reconhecida como herdeira do mesmo. Ela também pediu à Justiça para ser inventariante dos bens que Gugu deixou e alegou que estava passando dificuldades com os filhos, visto que Gugu era o provedor de seu lar.

Após tanta exposição na mídia sobre a briga pela herança de Gugu, sua família lançou um comunicado neste domingo (29) relatando qual postura irão tomar a partir de agora a respeito da disputa pela herança do apresentador.

Comunicado oficial

Na nota divulgada neste domingo, através de sua assessoria de imprensa, os familiares de Gugu, que incluem sua mãe e seus irmãos Aparecida e Amandio Liberato, informaram que estavam vindo a público comunicar que em virtude de existirem menores de idade presentes na herança do apresentador, os membros da família de Gugu não mais se pronunciariam sobre os assuntos que envolvem os trâmites da herança ou do testamento.

"Os membros da família não mais se pronunciarão publicamente sobre assuntos envolvendo os trâmites da herança/testamento”, diz um trecho da nota.

O comunicado relatou que o caso segue o seu curso na Justiça e em sigilo, aguardando que as decisões legais que forem necessárias sejam tomadas. Quem assina a nota é Esther Rocha, assessora de imprensa de Gugu e da família Liberato.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Relacionamento
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!