Na última quinta-feira (5), Estela May, uma das filhas da escritora Fernanda Young, usou as suas redes sociais para mostrar a capa do novo livro de sua mãe. A obra intitulada "Posso Pedir Perdão, Só Não Posso Deixar de Pecar" foi publicada recentemente.

O livro foi lançado de maneira póstuma, uma vez que Fernanda Young faleceu ainda no dia 25 de agosto desse ano, em decorrência de uma parada cardíaca provocada por uma crise de asma.

"Posso Pedir Perdão", apesar de ter sido lançado somente após a morte de Young, foi escrito por ela quando ainda tinha apenas 17 anos de idade. Nessa época, a autora estava se preparando para ingressar na faculdade e cursar Letras.

Ao compartilhar a capa do livro, Estela May destacou que a obra havia acabado de chegar às livrarias e rememorou a ocasião em que sua mãe encontrou os seus escritos antigos, de “80 e tanto”, conforme destacou Estela na legenda da postagem em seu Instagram.

A filha de Fernanda Young ainda relatou que ao encontrar os escritos, sua mãe leu algumas partes para ela e questionou se considerava o conteúdo muito chocante. Estela, por sua vez, respondeu que era, sim, chocante, mas maravilhoso.

Ao fim, a filha de Fernanda destacou a genialidade de sua mãe e a sua capacidade de produzir algo como "Posso Pedir Perdão" ainda aos 17 anos de idade.

Comentários interessados

Na sessão de comentários do Instagram de Estela May, várias pessoas se mostraram interessadas em ler o novo livro de Fernanda Young.

Até mesmo alguns Famosos apareceram para destacar que pretendem comprar a obra. Entre eles é possível destacar as atrizes Débora Nascimento, Fernanda Nobre e Mônica Iozzi e também a cantora Maria Gadú.

O foi publicado pela editora LeYa Brasil. Em termos de enredo, vale ressaltar que "Posso Pedir Perdão" conta a história de uma jovem que, ao menstruar pela primeira vez, tem a sua percepção de mundo completamente modificada.

O novo olhar adquirido pela personagem passa a destoar da visão religiosa do restante de sua família e está mais ligado à liberdade feminina. Essas informações pelo enredo foram retiradas do prefácio da obra, escrito por Cecília Madonna Young, um das filhas de Fernanda Young.

"Posso Pedir Perdão" foi o último trabalho ao qual a escritora se dedicou quando ainda estava viva.

Ela sentia dúvidas quanto à publicação da obra, mas optou por ir em frente com ela devido ao atual momento do Brasil, caracterizado por ela como “retrógrado e cafona”.

Após fazer a opção pela publicação, Fernanda Young acabou por decidir ampliar ainda mais os temas presentes na obra. Entretanto, Young acabou falecendo antes de concretizar os planos feitos.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Literatura
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!