O ano de 2019 contou com a morte de vários Famosos. Eventos desse tipo são capazes de despertar a comoção popular e fazer com que as pessoas se informem o máximo possível do ocorrido.

Esses fatores não são diferentes quando se pensa nos mecanismos de busca, como o Google, que acaba recebendo um alto volume de pesquisas dessa natureza. Assim, devido aos fatores citados, o site citado acabou por fazer uma compilação das principais mortes de celebridades pesquisadas no Brasil ao longo do ano.

A primeira posição da lista é ocupada pelo falecimento mais recente, do apresentador Gugu Liberato, ocorrido no dia 22 de novembro, o que pode ter acontecido devido às várias notícias falsas veiculadas antes que a assessoria do famoso confirmasse a sua morte.

Para além de Gugu Liberato, é possível destacar que grande parte dos nomes de celebridades mortas na lista de final de ano do Google são brasileiros. Contudo, algumas exceções como Cameron Boyce, estrela da Disney de apenas 20 anos, figuram entre os termos mais buscados pelos usuários da ferramenta.

Abaixo você poderá ver as demais celebridades que compõem a lista e relembrar alguns famosos que faleceram ao longo do ano.

Celebridades que morreram em 2019

O segundo lugar do ranking é ocupado pelo cantor Gabriel Diniz, autor do hit "Jenifer". A morte de Gabriel aconteceu ainda durante o mês de maio desse ano e foi decorrente de um acidente de avião em Sergipe. Ao falecer, o cantor tinha apenas 28 anos de idade e deixou uma noiva.

Logo atrás de Gabriel Diniz encontra-se o nome do jornalista Ricardo Boechat, que faleceu em fevereiro desse ano após sofrer um acidente de helicóptero na Rodovia Anhanguera, localizada na cidade de São Paulo. O piloto ainda tentou realizar um pouso de emergência, mas a aeronave em que o jornalista estava acabou sendo atingida por um caminhão.

Na sequência do ranking encontra-se o ator Caio Junqueira, que foi vítima de um acidente de carro no mês de janeiro. O ator chegou a ser hospitalizado, mas a sua morte foi confirmada após uma semana por sua assessoria de imprensa.

A quinta posição da lista do Google, por sua vez, pertence à escritora Fernanda Young, que faleceu em decorrência de uma parada cardíaca após sofrer uma crise de asma.

Young morreu durante o mês de agosto e tinha apenas 49 anos de idade.

Mais uma perda para a imprensa brasileira figura na posição seguinte da listagem. Trata-se do jornalista Paulo Henrique Amorim, que faleceu durante o mês de julho após sofrer um infarto fulminante aos 76 anos de idade.

Uma das mortes mais trágicas do ano, sem dúvidas, foi a da modelo Caroline Bittencourt, que ocupa a sétima posição do ranking das mais pesquisadas. Caroline desapareceu no mar após um passeio de barco com seu marido em Ilhabela e foi encontrada dias mais tarde pelas equipes de busca.

O restante da lista é composto por Cameron Boyce, citado anteriormente, por Rafael Miguel, assassinado pelo pai de sua namorada, e por Yasmim Gabrielle, que cometeu suicídio após uma longa batalha contra a depressão.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Tecnologia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!