A cantora Ivete Sangalo resolveu falar a respeito da morte de seu irmão Jesus Sangalo, que morreu no dia 7 de novembro deste ano.

Ao falar do seu adeus para o apresentador Gugu Liberato durante o programa “A Tarde é Sua”, desta última segunda-feira (2), a cantora resolveu citar a perda do irmão.

Jesus Sangalo morreu aos 54 anos de idade de ter ficado por mais de três meses internado em um hospital. O empresário, que esteve internado durante estes três meses, acabou falecendo devido a uma complicação que aconteceu após uma cirurgia bariátrica.

A cantora relembrou a morte do irmão. "Toda perda é muito difícil.

Eu, no meu caso, perdi meu irmão, que é uma perda bem difícil", disse. Em seguida, Ivete falou a respeito do apresentador Gugu Liberato que faleceu no último dia 22 de novembro.

Ivete Sangalo fala sobre Gugu

A cantora declarou que quando ela pensa em Gugu, em sua mente, vem ele como pai, como filho e como uma pessoa jovem que acabou perdendo a sua vida muito cedo.

Ela ainda declarou que pensa muito nos entes queridos da pessoa, que é algo que acaba causando um efeito muito devastador. Além do mais, Ivete também ressalta que pensa nos fãs pela perda do ídolo, e que Gugu era uma pessoa muito amorosa, e que sempre esteve atento a tudo que acontecia ao seu redor.

Ao final de sua fala, a cantora ainda declarou o seu apoio à família do apresentador.

Momentos de perda

Ivete ainda falou um pouco mais a respeito do que ela sente em relação a estes momentos de perda, e disse que as pessoas que perdem alguém passam por esse momento de forma cronológica, e que é muito difícil passar por conta do abalo emocional.

Ela ainda ressaltou que pessoas que passam por nossas vidas com experiências positivas sempre vão deixar uma marca maior e, claro, a saudade.

Sobre a morte, Ivete conclui que as pessoas ainda não sabem como lidar com ela, e que ainda vamos precisar evoluir muito para aprender como passar pelos momentos de perda. A cantora ainda declarou que estes momentos fazem com que ela pense como, em vida, perdemos tanto tempo com bobeiras, desrespeito e com falta de empatia.

Durante a entrevista, a cantora também aproveitou o momento para falar um pouco de como ela se divide entre carreira e cuidar de seus filhos, Marcelo, de 10 anos, e agora as gêmeas Marina e Helena, de 1 ano e 8 meses.

Ela destaca que teve sorte em construir em sua cabeça uma estratégia de vida, na qual ela poderia ter a sua carreira e também a sua vida pessoal alinhadas e organizadas. Conta ainda que os filhos sempre ficam muito felizes quando ela sai de casa para poder trabalhar, e que ela divide as experiências com eles, fazendo com que todos se sintam muito felizes com tudo isso que vivem juntos.

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!