Depois de uma enxurrada de críticas vindas de artistas após uma notícia envolvendo a atriz Isis Valverde ter sido distorcida e ganhado contornos sexistas, o colunista Aaron Tura foi demitido do programa "Melhor da Tarde", apresentado por Cátia Fonseca e exibido pela TV Bandeirantes. Ele é editor-chefe do site TV Foco, onde foi publicada a matéria de cunho sensacionalista. A informação da demissão do profissional foi publicada inicialmente pelo colunista Daniel Castro.

O site havia publicado uma foto de Valverde onde ela aparece amamentando o filho e distorcido o fato usando uma chamada fora de contexto.

"Isis Valverde mostra os peitos em foto íntima e faz grande anúncio: 'Hoje tem'”, dizia a chamada, que foi alvo de muitas críticas.

A própria atriz também expôs sua revolta nas redes sociais para falar do caso, mas se disse aliviada pelo fato das pessoas não se calarem mais sobre tais abusos e por conta das manifestações de apoio que recebeu. “Obrigado a todas as pessoas que apontaram esse absurdo”, dizia um trecho do texto publicado pela atriz.

A Bandeirantes emitiu numa nota onde diz que o colunista foi desligado da emissora após dois anos de serviços prestados. O texto chamou ainda a atenção para o fato de existirem programas gravados para janeiro e que ainda continuará contando com a participação do colunista.

A demissão do colunista foi pedida à direção da Band por Rodrigo Riccó, diretor da atração e marido de Cátia.

Umas das famosas a se manifestar foi a apresentadora Maisa, que postou em sua rede social que depois de várias mentiras sobre ela, como estar grávida e seu namorado ser gay, outras mentiras também foram postadas sobre outros artistas.

Polêmica com a morte de Gugu

Além da polêmica com a atriz, o site chefiado por Aaron também causou problemas com a produção e a família de Gugu Libertado.

Esther Rocha, produtora do apresentador que morreu no mês passado, em Orlando, publicou áudios nos quais há uma discussão dura com um dos jornalistas do site e ameaça abrir um processo contra a plataforma.

O motivo seria uma matéria que afirmava que a família de Gugu estaria ameaçando o jornalista do SBT Roberto Cabrini. “Você é um verme no jornalismo”, era o trecho de um dos áudios. Na ocasião o site havia feito uma chamada afirmando que o jornalista havia feito uma grande descoberta e por isso sofria ameaças.

“Esse TV Foco é uma lama. É uma vergonha para o jornalismo de celebridades”, dizia ela em outra mensagem. Esther reclamou ainda do fato de não ter sido procurada pelo site para falar do posicionamento da família.

O colunista demitido foi procurado pela reportagem do UOL, mas não atendeu as ligações ou respondeu as mensagens.

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!