O testamento deixado pelo apresentador Gugu Liberato para ser aberto após a sua morte está causando um grande desconforto entre a família do artista e sua companheira de quase 20 anos. No documento, que foi feito pelo apresentador no ano de 2011, o artista não deixou nada para a sua companheira e mãe dos seus filhos, Rose Miriam. Os bens do artista em quase sua totalidade foram deixados para os três filhos e uma parte para os sobrinhos. O problema é que, além de não deixar nada para a companheira, o apresentador deixou a função de inventariante para a irmã, Aparecida Liberato.

Assim que o documento foi aberto nos últimos dias, Rose entrou na Justiça para que sua união estável de quase 20 anos com o apresentador seja reconhecida pela lei e assim ela seja considerada herdeira.

Segundo a colunista Mônica Bergamo, da Folha de S.Paulo, a viúva de Gugu Liberato teria acionado novamente a Justiça, mas dessa vez para que seja reconhecida como a inventariante dos bens deixados pelo marido.

No documento enviado à justiça, a médica disse que foi companheira de Gugu Liberato por quase vinte anos e é a representante legal das filhas menores de idade, as gêmeas Marina e Sofia, de 15 anos de idade. Rose afirmou que está passando por "dificuldades de toda natureza" com as filhas e lembrou que Gugu era o provedor da família e se responsabilizava por tudo na família.

Reconhecimento de união estável

No documento deixado por Gugu, além de não deixar nada para a companheira e mãe de seus filhos, Gugu não deixou a mulher nem mesmo como na responsável para administrar os bens deixados para os filhos, nem mesmo o usufruto dos bens pela mulher foi citado por Gugu no testamento.

De acordo com Rose, isso pode ter acontecido, pois no ano de 2011, quando o documento foi feito, o casal estava passando por uma crise no relacionamento.

Se a justiça reconhecer a união estável de quase duas décadas da médica com o apresentador Gugu Liberato, Rose passará a ter direito a metade de todos os bens deixados pelo artista.

Ela já assinou um documento em cartório onde garante que doará todos os bens para os três filhos e somente ficará com o usufruto para que possa se manter enquanto for viva. Rose garante que os filhos não serão prejudicados de forma alguma e que, muito pelo contrário, ao fazer isso está garantindo que os direitos deles sejam respeitados.

No testamento Gugu deixou 75% dos bens para seus três filhos e os outros 25% para ser dividido entre os sobrinhos. Se a Justiça reconhecer Rose Miriam como herdeira do apresentador, metade da herança vai para a mulher e a outra metade será dividida entre os filhos do artista e seus sobrinhos.

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!