O ator Humberto Carrão, que interpreta o ex-presidiário Sandro na novela "Amor de Mãe", tem conquistado alguns elogios dos seus colegas de elenco no folhetim que ocupa a faixa de horário das 21h. Para além dos elogios de quem contracena com o ator, a crítica também tem reagido positivamente ao seu trabalho na trama de Manuela Dias.

Tudo isso, entretanto, é fruto da dedicação de Humberto Carrão, que chegou a passar por um processo de imersão nos presídios do Rio de Janeiro para conseguir modificar os seus trejeitos e dar vida a Sandro com o máximo possível de realismo.

Ao comentar a respeito do seu papel em "Amor de Mãe", durante uma entrevista concedida à colunista Patrícia Kogut, do jornal O Globo, o ator afirmou que sentiu que precisava ter uma imagem violenta, mas ainda assim ser uma pessoa “meio quebrada” ao dar vida ao ex-detento.

Ainda comentando sobre Sandro, o ator destacou que se trata de uma pessoa que teve poucas oportunidades na vida e veio de um ambiente bastante complicado, de forma que ele achou interessante retratar o personagem como alguém que está sempre com as mãos escondidas e tem uma postura meio curvada.

Ainda durante a entrevista, Humberto Carrão também comentou um pouco sobre o futuro do personagem e destacou que Sandro passará por uma nova fase na novela em breve. Devido a isso, ele acabará se tornando uma pessoa mais segura. A fala sobre essa “nova fase” está ligada à descoberta definitiva do personagem sobre as suas origens.

Carrão fala sobre momento de revelação

Também nessa ocasião, Humberto comentou sobre como foi gravar as cenas em que Sandro descobre que, na verdade, é filho de Vitória (Taís Araújo) e Raul (Murilo Benício), em especial as que foram filmadas ao lado de Lurdes (Regina Casé).

De acordo com ele, todo o momento foi bastante comovente.

O ator ainda comentou que toda a despedida passa um pouco sobre a felicidade que Sandro sentiu ao ser abraçado pela família da babá em um lar cheio de afeto. De acordo com ele, tudo foi bastante comovente devido a todo o passado de seu personagem e ao fato de que Lurdes foi a responsável por atuar como um “agente transformador” na vida de Sandro, fazendo com que ele passasse a conhecer o verdadeiro amor.

A inspiração de Humberto Carrão para compor o personagem, entretanto, não está muito distante do seu ambiente de trabalho. O ator comentou durante a entrevista a Kogut que descobriu que um dos seus colegas da equipe técnica é um ex-presidiário que conseguiu a sua reinserção no mercado de trabalho.

Devido a isso, o ator pontuou que considera algo triste perceber que casos como esses são exceções dentro da sociedade brasileira, que não costuma prezar pela ressocialização de ex-detentos. Por fim, é possível pontuar que Carrão declarou ser a favor de que essas pessoas tenham oportunidades não só de trabalhar, mas também de obter educação.

Siga a página Novelas
Seguir
Siga a página Relacionamento
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!