Devido às suas várias falas problemáticas ao longo da primeira semana de confinamento do "Big Brother Brasil", Petrix Barbosa acabou despertando a raiva dos internautas. Nesse sentido, o ginasta se tornou o alvo de uma campanha das redes sociais, que teve início ainda na última quinta-feira (30).

A campanha em questão consiste em levantar as hashtags #PetrixEspulso (com o erro de ortografia) e #PetrixAssediador até que elas fiquem entre os assuntos mais comentados do Brasil – feito que os autores de tal campanha acabaram conseguindo. Por todas as suas atitudes com as meninas do confinamento, assim como por suas falas machistas, o ginasta passou a ser considerado um verdadeiro “boy lixo”.

Ainda é possível destacar que a campanha em questão aconteceu por meio do Twitter, rede social na qual o público do BBB20 costuma apresentar maior atividade. De acordo com o site Notícias da TV, para além da campanha realizada, existem atualmente denúncias contra Petrix registradas na Central de Atendimento ao Telespectador (CAT) da Globo.

Em uma determinada postagem, um usuário do Twitter sugere que as pessoas continuem fazendo ligações para a emissora e barulho nas redes sociais, visto que caso a campanha atinja um bom número de denúncias, a expulsão de Petrix Barbosa poderá se tornar uma realidade.

Na postagem em questão, o internauta deixava uma imagem contendo os números de telefone para os quais as pessoas deveriam ligar e também pedia para que o material em questão fosse divulgado como forma de conseguir ainda mais adeptos que desejam a expulsão do ginasta.

Mais casos de suposto assédio no 'BBB20'

Ainda na primeira festa do "BBB20", Petrix assediou a influenciadora digital Bianca Andrade, a Boca Rosa. Entretanto, quando a Globo apurou o caso, Bianca afirmou que não percebeu o ocorrido dessa forma e a emissora conseguiu o seu aval para manter o ginasta na competição.

Entretanto, casos como esse continuaram se repetindo durante o confinamento. Nesse sentido, durante a última festa que aconteceu no programa, Petrix surpreendeu Mari Gonzalez pelas costas ao abraça-la e passar a mão nos seus seios.

A blogueira não foi o único alvo recente do assédio do ginasta. A cantora Flayslane Raiane, do time Pipoca, que estava bêbada durante a festa em questão, teve a sua cabeça esfregada nas partes íntimas de Petrix.

Quando tudo aconteceu, vários participantes estavam presentes e alguns chegaram ao ponto de fazer piadas com o ocorrido.

De acordo com o site Notícias da TV, atualmente está circulando pelo Twitter um vídeo em que uma telespectadora do Big Brother Brasil entra em contato com a Globo por meio do número do CAT e detalha todo o caso, exigindo que a emissora tome algum tipo de providência contra Petrix.

Não perca a nossa página no Facebook!