Devido à polêmica conversa sobre zoofilia na 20ª edição do Big Brother Brasil, os participantes Mari Gonzalez e Felipe Prior foram chamados ao confessionário do programa para conversar com a produção. Entretanto, no momento em que os participantes entraram no cômodo em questão, a transmissão ao vivo foi cortada para os assinantes do pay-per-view, que agora pode ser visto também pela Globoplay.

Devido ao corte feito pela produção, os internautas levantaram algumas possibilidades sobre o conteúdo da conversa entre a direção do "BBB" e os participantes citados. Entre essas especulações está o fato de que, possivelmente, a blogueira e o arquiteto tenham recebido um “puxão de orelha” pelos seus comentários sobre o assunto, que normalizavam a zoofilia.

Os comentários repercutiram bastante nas redes sociais e fizeram com que até mesmo a ativista Luiza Mell comentasse o caso em suas redes sociais.

De acordo com um telespectador do programa, chamar Mari no confessionário foi algo positivo, ainda que a narrativa sobre o abuso de animais tenha partido de Felipe.

Na ocasião em que tudo aconteceu, a influenciadora digital chegou a afirmar que a prática era algo “normal” para os seus autores e que, para ela, "estaria tudo bem". Segundo o internauta, ser chamada para levar uma bronca da produção pode fazer com que a sister passe a pensar melhor sobre as palavras que usa a partir desse ponto.

As especulações da internet, aparentemente, estavam certas.

Ainda que a transmissão não tenha sido retomada enquanto Felipe e Mari conversavam com a produção, ao voltarem do confessionário os dois deram a entender que a conversa foi sobre a respeito do diálogo ligado à zoofilia.

Entenda o contexto das falas no 'BBB20'

Ainda no último domingo (26), Felipe Prior contou a Mari Gonzalez sobre alguns casos de zoofilia que chegou a escutar trabalhando em obras.

Na ocasião, a blogueira chegou a afirmar que algumas pessoas sentem “tesão em animais” e a normalizar essa prática, ainda que ela seja considerada crime pela lei brasileira.

Felipe ainda chegou a concordar com o ponto de vista da influenciadora de que está “tudo bem” caso as pessoas queiram adotar esse tipo de comportamento e seguiu contando sobre os relatos que já escutou sobre o assunto.

A fala repercutiu na internet, causando revolta e fez com que Luisa Mell chegasse a se pronunciar sobre o caso, afirmando que precisou ver o vídeo em que as afirmações são feitas para acreditar que algo desse tipo realmente aconteceu em um programa como o BBB. Durante a sua fala, Luiza chegou a afirmar que o posicionamento de Mari era algo inaceitável e que ela não conseguia sequer acreditar nisso.

Não perca a nossa página no Facebook!