Mari Gonzalez, uma das participantes anunciadas para o time Camarote da 20ª edição do Big Brother Brasil, conquistou a fama após se tornar influenciadora digital. Entretanto, a morena já tem passagem anterior pela TV e se tornou conhecida pelo apelido de “baianinha” quando era Panicat no programa Pânico, exibido pela Band até o seu fim. Antes ainda do fim da atração, Mari também chegou a atuar como repórter do programa.

Ainda no ano de 2017, entretanto, a influenciadora digital decidiu se afastar do Pânico e pediu para sair da equipe.

Na ocasião, Mari Gonzalez chegou a comentar os fatores que motivaram a sua decisão e afirmou que adorava fazer parte do programa, chegando a defendê-lo várias vezes nas redes sociais. Apesar disso, algumas coisas a incomodavam na atração da Band.

Ao comentar a respeito dos seus incômodos, a influenciadora digital afirmou que a maneira como o Pânico “usava as mulheres” era algo que a deixava desconfortável. De acordo com Mari, havia muita exposição dos corpos e algumas brincadeiras, por vezes, terminavam com as Panicats machucadas.

Embora os ferimentos não fossem graves, elas acabavam aceitando participar, mesmo com os riscos, para manter o emprego.

Também sobre esse assunto, a noiva de Jonas, do 'BBB12', chegou a afirmar que todas as mulheres que integravam o elenco do programa eram mais do que os seus corpos e não deveriam ficar restritas a ocasiões como provas de biquíni. De acordo com Mari, mostrar o corpo é algo que pode ocorrer, mas não necessariamente precisa ser uma coisa constante.

Mais detalhes sobre a saída de Mari Gonzalez do Pânico

Mari Gonzalez fez parte do elenco do Pânico por três anos antes de tomar a decisão de sair do programa. Apesar do tempo destacado, a morena passou pouco tempo como Panicat e logo ocupou o posto de repórter.

Ainda comentando sobre a sua decisão, a influenciadora fez questão de pontuar que não brigou com nenhum dos demais integrantes do elenco do Pânico e deixou a atração sendo amiga de todos.

Mari ainda afirmou que não sente raiva de ninguém e nada de mais sério aconteceu para motivar a sua decisão.

Explicando melhor, a blogueira destacou que a decisão foi tomada “do nada” e ninguém estava exatamente esperando que ela saísse do programa da Band, visto que ela não havia recebido uma proposta de outra emissora, por exemplo.

O motivo foi pessoal e está unicamente ligado ao fato de que Mari parou de se sentir bem participando do programa, assim como sentia que havia deixado de lado a sua personalidade, fatos que fizeram com que ela não se sentisse bem o bastante para continuar.

Não perca a nossa página no Facebook!