O diretor de “Bom Sucesso”, Luiz Henrique Rios, precisou guardar durante dez meses o segredo de uma das cenas principais desta reta final da trama de Rosane Svartman e Paulo Halm. O diretor artístico da novela precisou manter guardado o segredo a respeito da cena em que Alberto (Antonio Fagundes) irá fugir do hospital após ser internado por uma piora em seu estado de saúde, para poder ir para o sambódromo a fim de desfilar junto de Paloma (Grazi Massafera) e realizar o seu último desejo em vida.

Na última quarta-feira (22), as imagens que foram mantidas em segredo por dez meses começaram a ir ao ar. No entanto, as imagens em questão foram feitas logo no início das gravações, uma das primeiras produzidas pela equipe em março de 2019.

Os atores envolvidos na cena tiveram cerca de cinco minutos para poder gravar um dos momentos considerados como mais decisivos da novela. Isso porque o momento foi gravado todo durante um intervalo entre uma agremiação e outra na Marquês de Sapucaí, no Rio de Janeiro.

O diretor ainda revelou que a cena exigia toda uma urgência para ser feita, pelo fato de que tinham 20 mil pessoas para desfilarem ainda, e eles estavam gravando no meio da rua no momento.

No entanto, o diretor conta que ninguém sabia em que momento da trama que as em questão seriam usadas. Inclusive, os autores da novela, Paulo Halm e Rosane Svartman, também não sabiam em que momento que as cenas seriam encaixadas, visto que se tratava de um dos últimos momentos de vida de Alberto na novela, antes que ele morresse.

O diretor artístico ainda pontua que as imagens ficaram guardadas este tempo todo, mas que eles sabiam que elas, de alguma forma, fariam parte da novela, só não sabiam quando, de fato, iriam usar, e que ao longo da novela vários momentos pareciam o fim.

Um ano de aguardo em 'Bom Sucesso'

Ainda sobre a gravação da cena, Luiz Henrique fez uma avaliação a respeito do risco de rodar uma cena importante como esta de forma externa, com várias pessoas assistindo o momento.

No entanto, ele pontua que, por mais que tenha sido desta forma, valeu a pena. Isso tudo porque, segundo o diretor artístico, eles reconheciam que de fato o Carnaval era uma data importante para a história da trama, e que por isso eles escolheram gravar a cena na avenida, e também pelo fato de que tem uma energia que só quem chegou a ir ao sambódromo sabe.

A respeito da cena, o diretor conta que pensou em gravar junto com Grazi utilizando de um chroma-key, para que depois toda a estrutura do local fosse inserida na imagem por computação gráfica. Contudo, depois ele preferiu que fosse feito de uma forma mais realista, e a gravação aconteceu de fato no local em meio ao Carnaval.

Siga a página Novelas
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!