Apenas dois dias depois de ficar cara a cara com Ludmilla, a cantora Alana Ramos, vocalista da banda Dama do Pagode, tatuou o rosto da funkeira em uma de suas pernas. As cantoras se conheceram nesta segunda-feira (6), no camarim de Ludmilla, em Salvador, na Bahia, em um evento realizado pelo Harmonia do Samba.

Dois dias depois deste encontro, através de seu Instagram, a cantora baiana, de 24 anos, publicou duas imagens mostrando o resultado final de sua nova tatuagem. Para legendar as imagens, Alana diz que cada um com seu ídolo e com sua forma de amar.

“Obrigada por tamanha simplicidade”, finalizou a baiana.

Encontro

Antes disso, ao postar um vídeo abraçando Ludmilla, Alana escreveu um textão relatando os instantes que passou ao lado da funkeira. Para começar, a jovem questiona se seus seguidores sabem daquele momento da vida que o corpo treme, seu coração dispara e você chega, inclusive, a perder a fala. “Chegou o meu momento”, respondeu ela, que continuou dizendo que antes de entrar no camarim da funkeira, sentiu “milhões de sensações” que até agora diz não conseguir explicar.

Alana diz ainda que se antes dava valor a seus fãs, agora dará dobrado, porque sentiu na pele o que os Famosos sentem quando se deparam com ela. A vocalista diz que sua ídola, Lud, tem uma energia inexplicável e incomparável, além de um jeito único e especial. A jovem ainda conta que a funkeira lhe recebeu de braços abertos. “E eu? Fiquei sem chão”, finalizou a cantora.

Ludmilla reposta homenagem

Ao ter conhecimento da homenagem realizada pela vocalista, Ludmilla ficou surpresa e respostou o vídeo da jovem em seu Instagram oficial, onde, inclusive, legendou agradecendo a demonstração de carinho de Alana.

Lud começa sua legenda dizendo que “é tanto amor” que lhe faltam palavras para agradecer a essa homenagem. A funkeira cita ainda a Música "I Was Here", de Beyoncé, que optou por colocar ao fundo do vídeo, e diz ter escolhido esta faixa porque vive essa canção. Em seguida, a famosa chega até citar um trecho traduzido da música escolhida.

Polêmica com o hit 'Verdinha'

Ultimamente, a funkeira está sendo manchete nos noticiários de todo o país, mas, infelizmente, não por motivos bons, como o desta homenagem, e sim devido à polêmica que seu novo hit, “Verdinha”, vem causando desde que foi lançado.

Recentemente, o deputado federal Otoni de Paula denunciou a apresentadora global Fátima Bernardes. Isso depois que a mesma recebeu em seu programa diário “Encontro”, Ludmilla, que chegou a cantar a música polêmica na atração. O programa foi ao ar no dia 23 de dezembro de 2019.

Vale lembrar que o hit ‘Verdinha” é acusado de fazer apologia ao uso, cultivo e venda da planta cannabis sativa, conhecida popularmente como maconha.

Siga as suas paixões.
Fique atualizado.

Não perca a nossa página no Facebook!