Eduardo Costa mostrou a mágoa que sente de sua ex-noiva, Victória Villarim, durante uma entrevista concedida para o canal de Amanda Ferreira no Youtube. No vídeo, publicado na plataforma streamer nesta segunda-feira (20), o cantor faz duras críticas a sua ex-companheira.

Ao falar sobre o Relacionamento amoroso que teve com a dançarina, Costa se irritou e usou duras palavras ao se referir a Victória. O sertanejo diz não admitir um amigo seu ficar com sua ex, e ressalta achar que “isso não é ético”.

O sertanejo desabafou dizendo: “um amigo que ajudei financeiramente. Isto é ridículo.”

Ainda na entrevista, ao se referir a dançarina, Eduardo Costa disse: “uma desonesta, que foi uma desleal, uma idiota, babaca”. Mas não parou por aí. Em outro trecho, o sertanejo diz: “uma psicopata, entendeu”. Eduardo acusa sua ex-companheira de ter ficado com seu amigo para lhe fazer provocação, e disse que a mesma pensou em tudo antes. Para ele, a dançarina sabia que isso iria mexer com seu “ego do homem”.

Dançarina fala sobre suposto namoro

Recentemente, a ex-noiva de Eduardo Costa, Victória Villarim, ganhou manchetes envolvendo seu nome em um suposto relacionamento amoroso com Clayton, da dupla Clayton e Romário, ex-afilhados de Eduardo no mundo da música.

Ao responder questionamentos de seus seguidores, a dançarina negou estar namorando, e disse “ter muita mentira, e muitas fofocas” que andam rolando na mídia.

“Uma delas é essa”, ressaltou a dançarina.

Ainda ao responder questionamento de seus fãs, Victória falou como lida com tais notícias envolvendo seu nome. Sobre isso, a dançarina ressalta que ao contrário do que muitos pensam, ela não deseja este tipo de mídia. Diante disso, Victória disse ter optado por se calar, para assim, não causar mais intrigas.

Eduardo Costa é intimado a depor

No último dia 8, Eduardo Costa recebeu a visita de policiais civis em sua casa no bairro Bandeirantes, localizado na Região da Pampulha.

Os policiais foram até o local intimar o cantor para depor na investigação de uma suposta ameaça ao cantor, Clayton. Na época, através de uma nota, a assessoria do cantor disse que o mesmo estava a disposição da Justiça para prestar quaisquer esclarecimentos.

Como o cantor não estava em casa no momento da chegada dos policiais, a intimação acabou sendo entregue a um de seus funcionários. Depois disso, Eduardo Costa teria que prestar depoimento no dia 15 de janeiro.

Segundo o Boletim de Ocorrência, Clayton estaria sendo ameaçado pelo sertanejo e por seu irmão, Weliton Costa. Segundo policiais, Eduardo não estaria aceitando muito bem o relacionamento do cantor com sua ex-namorada.

Vale ressaltar que esta não é a primeira vez que Eduardo Costa vira manchete em paginas policiais. Em 2018, o cantor foi apontado como suspeito de estelionato. Na época, o inquérito investigava a venda de uma casa avaliada em cerca de $ 6,5 milhões.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Relacionamento
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!