A cantora Analu Sampaio tinha apenas 5 anos de idade na primeira ocasião em que se apresentou no "Programa Raul Gil", transmitido pelo SBT. Na ocasião, Analu se saiu tão bem que acabou se tornando uma participante fixa da atração, na qual permaneceu durante quatro anos.

De acordo com os pais da cantora, ela chegou a cantar mais de 100 músicas durante o período citado e dividiu o palco com grandes nomes da música brasileira, como Jorge Vercillo, Tiago Iorc, Toquinho, Baby do Brasil e Ivete Sangalo.

Entretanto, ainda no ano de 2017, a participação de Analu Sampaio no "Programa do Raul Gil" chegou ao fim.

Apesar disso, a carreira da pequena enquanto cantora estava longe de acabar, de modo que ela continuou realizando algumas apresentações. Atualmente, Analu possui um assessor de imprensa, um canal no YouTube e também uma página oficial no Facebook.

Além de tudo isso, a cantora ainda se apresentou durante a estreia da mais recente temporada do "The Voice Kids", transmitida pela Globo no último domingo (5). Em seu perfil do Instagram, Analu chegou a compartilhar uma imagem contando que conseguiu passar na audição às cegas e acabou entrando no “time Cláudia Leitte”.

Entretanto, a fama prévia da cantora não foi informada ao público do "The Voice Kids" na ocasião em que a audição da cantora foi exibida.

Presença em 'The Voice Kids' chama atenção

É possível informar que o colunista Maurício Stycer, do UOL, chegou a afirmar em sua coluna que a presença de Analu Sampaio no "The Voice Kids" acaba chamando a atenção para uma coisa que frequentemente acontece no reality show da Globo, mesmo na sua versão dedicada aos talentos adultos: a proposta não é revelar talentos novos, mas sim entreter o público e fazer com que os participantes consigam uma porta de entrada no mercado da música.

Para corroborar a sua fala, o jornalista citou o exemplo de Tony Gordon, vencedor da última edição adulta do programa. Ao todo, o cantor somava 30 anos de experiência na música ainda antes de fazer a sua audição no "The Voice". Assim como ele, outros participantes estão na mesma situação, mas acabam percebendo no reality show uma chance de ser visto na TV e, dessa forma, expandir o seu público e fama.

Entretanto, para Stycer, isso se torna um problema quando esse background experiente dos participantes das duas versões do "The Voice" acabam por romper com as expectativas prometidas pelo próprio programa, que omite tais detalhes a respeito de todo o histórico profissional de quem participa.

Siga a página Televisão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!