O goleiro Bruno Fernandes voltou a aparecer nas mídias de notícias nos últimos dias, após o mesmo tentar voltar a jogar profissionalmente e encontrar uma corrente contra o fato do mesmo voltar a ser um ídolo do futebol, depois de ter sido condenado pela morte da mãe do seu filho, Eliza Samudio. A Record TV, através do "Domingo Espetacular", exibiu no último domingo uma entrevista com o ex-jogador, que pela primeira vez falou sobre a morte de Eliza e sobre a vontade de refazer a sua vida, após cumprir parte da pena que recebeu.

O goleiro Bruno revelou que Eliza Samudio foi vítima de uma situação que saiu do seu controle, e disse que nunca foi por causa de pensão alimentícia. Ele disse ao repórter que a situação envolve muito mais coisas do que o mesmo pode imaginar, mas revelou que não poderia falar sobre o assunto. Bruno contou que a situação saiu do seu controle e não estava mais sob o seu comando.

O ex-goleiro do Flamengo revelou um desejo de conversar com o filho Bruninho e assim poder contar tudo o que aconteceu, mas disse que a avó do menino, que possui a guarda, não permite nenhum tipo de aproximação do mesmo e faz ameaças de se mudar, caso o jogador venha a se aproximar do neto.

Bruno contou ao repórter que se na época tivesse o comando da situação em suas mãos, o resultado teria sido totalmente outro. "Eu não iria deixar nas mãos de terceiros", disse o jogador.

O goleiro Bruno disse que se fosse nos dias atuais, sendo a pessoa diferente que é, e Eliza avisasse de uma gravidez, ela ia ter que buscar os direitos dela através de um advogado, que resolveria a situação. Ele revelou que se fosse hoje em dia, ele não iria deixar a situação nas mãos de terceiros, e que ele mesmo resolveria com a moça, conversando com ela.

O rapaz comentou sobre a polêmica envolvendo a sua volta aos gramados e disse que está em busca de uma oportunidade de trabalho para recomeçar a sua vida. Bruno desabafou dizendo que se pergunta porque não pode voltar a fazer o que ama. Ele ainda deixou uma crítica, dizendo que a sociedade é a primeira a cobrar que os ex-presidiários voltem a trabalhar, mas nem sempre dão oportunidade para que isso aconteça.

Mãe de Eliza Samudio comenta fala de Bruno

Após a entrevista dada pelo goleiro Bruno no último domingo, 10 anos depois do crime contra Eliza Samudio, a mãe da modelo resolveu falar sobre as falas do pai do seu neto Bruninho. Sônia Samudio relembrou antes do crime, a filha havia conversado com uma amiga sobre algo que sabia do goleiro, que se ela contasse, poderia desestabilizar até o Clube do Flamengo, onde Bruno jogava na época.

Sônia disse que mesmo essa informação tendo sido anexada ao processo, a polícia não buscou saber que segredo é esse, pois as pessoas têm medo, assim como a amiga da filha, que teme acabar como Eliza.

A mãe de Eliza Samudio revelou que o goleiro mudou o seu discurso durante a entrevista, demonstrando que sabia de tudo, mas ao mesmo tempo não deu nenhum nome de quem estaria por trás de tudo que aconteceu com a sua filha. Ela acha que tudo não passou de um teatro feito pelo goleiro, após perceber que da forma que estava sendo não conseguiria nada. Sônia revelou que está disposta a ouvir o que o goleiro tem a lhe dizer, mas diz acreditar que ele não contará a verdade, como ela realmente é.

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!