Este artigo continha um erro e foi alterado em 5/2/2020*

A jornalista Barbara Gancia decidiu comentar a briga judicial sobre o espólio de Gugu Liberato, que morreu em novembro de 2019. Os bens de um dos apresentadores mais Famosos do Brasil, se tornou alvo das manchetes depois que a viúva de Liberato, Rose Miriam Di Matteo, recorreu à justiça para ter o reconhecimento de sua união estável com Gugu. Isso, já que a médica não foi incluída no testamento de Gugu Liberato, que foi assinado por ele em 2011.

Através de seu perfil oficial do Twitter, a jornalista ressalta não ter nada a ver com o que está acontecendo, mas confessa que, lendo a respeito, é “impossível ficar indiferente”.

“A família do Gugu Liberato é nojenta”, declara Barbara Gancia, que completa dizendo que o que estão fazendo com a mãe dos filhos do famoso é uma “crueldade ímpar”. Gancia ainda diz que durante anos, Rose Miriam serviu como uma mãe de fachada. “E agora virou governanta?”, questionou a jornalista.

Briga Judicial

A briga judicial por causa do espólio de Gugu Liberato, teve inicio um mês após sua morte.

Vale lembrar, que Gugu morreu aos 60 anos, vítima de um acidente doméstico em sua residência de Orlando, nos Estados Unidos. Em dezembro de 2019, Rose acionou a Justiça para reconhecer sua união com o apresentador.

Família de Gugu quer expulsar irmão de Rose

Na última terça-feira (28), veio a público mais um episódio de toda esta briga.

Desta vez, Aparecida Liberato, irmã de Gugu e inventariante de todos seus bens, contratou um escritório de advocacia para pedir a expulsão do irmão de Rose di Matteo, Gianfrancesco di Matteo, da residência onde mora atualmente com a irmã e os sobrinhos, na Flórida, nos Estados Unidos. Gianfrancesco teria um prazo máximo de 15 dias para deixar a residência, contudo, o advogado de Rose já afirmou que irá recorrer.

Nelson Williams, um dos advogados da viúva, alega que a casa é o lar de Rose di Matteo, e, sendo assim, seu irmão está no local para lhe dar apoio deste momento difícil.

Rose ganha pensão de R$ 100 mil

Pouco tempo após ter iniciado um processo judicial, Rose conseguiu o direito de receber mensalmente uma pensão no valor de R$ 100 mil. Para chegar ao valor de R$ 100 mil, o juiz levou em consideração a pensão deixada pelo famoso a sua mãe, Maria do Céu, que é o mesmo valor.

Sobre isso, Willians diz que a decisão foi sensível ao momento que a médica está passando. Isso já que após a morte do apresentador, que arcava com todas as despesas, Rose teria ficado sem recursos para manter a casa onde mora com os filhos.

O representante da médica ainda ressalta que após a morte de Liberato, sua irmã não repassou nenhum valor para a viúva. “Não repassou absolutamente nada para Rose”, disse.

*Correção: ao contrário do que o artigo informava inicialmente, Gugu morreu em Orlando, e não em Los Angeles.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Relacionamento
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!