Mais uma vez a cantora Ludmilla se vê em meio a uma polêmica envolvendo o seu nome. Isso porque a música “Verdinha”, da cantora, tem gerado muita polêmica atualmente. O que aconteceu desta vez foi que a cantora, que fez um parceria com marca de cosméticos Avon, acabou deixando a empresa em maus lençóis.

A Avon agora está sofrendo com ameaça de boicote após ter anunciado que a funkeira será sua garota-propaganda. O anúncio foi feito recentemente através das redes sociais e gerou muita polêmica. A grande questão é que a empresa agora está sendo acusada de apologia às drogas, por revendedores e consumidores da marca, por conta da música da cantora.

Ludmilla coloca Avon em maus lençóis

Através do Instagram oficial da marca, foi iniciada uma promoção com Ludmila em que os consumidores podem ganhar maletas com maquiagens, kits de make e até mesmo ingressos para o show da cantora, com tudo pago. O que chama mais a atenção, porém, é o prêmio principal que será dado pela marca: um carro zero. O anúncio aconteceu na última quarta-feira (8) nas redes sociais e desde então vem repercutindo.

Por mais que algo que tenha chamado muito a atenção é a extensa lista de prêmios, os internautas não perdoaram e começaram a criticar a ideia da empresa de cosméticos em colocar Ludmilla como garota-propaganda.

Em um comentário feito na rede social, uma seguidora da pagina criticou o fato de que Ludmilla ser a protagonista da promoção, falando que a empresa colocou ela como sendo um ícone, e ela não é nem ícone e nem um exemplo para nada.

Outra seguidora da marca nas redes sociais declarou que a cantora talvez representasse algumas mulheres, mas que a ela e a mulheres de sua família, não. Ela ainda ressaltou que existiam mulheres mais bonitas e mais dignas do que a cantora para poderem representar a marca, e deixou claro que considera a música da cantora um lixo.

Através de suas redes sociais, a Avon tem dado respostas aos consumidores da marca quanto aos comentários negativos. Para um dos comentários, a empresa justificou que a escolha de Ludmilla como representante da marca aconteceu por que a cantora luta pela forma honesta e digna de as mulheres serem livres.

A música “Verdinha” foi lançada recentemente pela cantora e tem irritado muito a ala conservadora da sociedade.

Inclusive, os líderes religiosos da frente evangélica já demonstraram o seu descontentamento pelo conteúdo da música. A publicação feita pela Avon contou com mais de novecentos comentários, e as críticas a cantora continuaram ao longo do tempo, com uma segunda publicação que foi feita pela marca.

Muitas pessoas utilizaram as publicações da Avon para anunciar que estavam descontentes com a escolha e que deixariam de seguir a marca nas redes sociais e que também parariam de comprar os seus produtos depois da confusão toda.

Siga as suas paixões.
Fique atualizado.

Não perca a nossa página no Facebook!