Além de sua consolidada carreira como atriz na televisão, Zezita Matos, de 78 anos de idade, também tem história com sua atuação em relação à política brasileira. A atriz atualmente está fazendo uma participação especial na novela de Manuela Dias, na Rede Globo, “Amor de Mãe”, na qual vive a mãe de Lurdes (Regina Casé), uma das protagonistas da trama.

Segundo informações do site Notícias da TV, Zezita foi perseguida durante o período da ditadura militar e precisou viver escondida na casa de um parente para não acabar presa pela polícia.

A paraibana iniciou sua carreira como atriz aos 16 anos, em João Pessoa, e logo na juventude entrou para o Partido Comunista Brasileiro, e participou de movimentos de esquerda no país.

Zezita como alvo dos militares

Logo, a atriz e seus amigos de partido passaram a ser alvos dos militares na época, e ela acabou ficando na mira logo depois de seu namorado ter sido preso. Oficiais do governo chegaram até mesmo a procurar pela atriz na escola onde ela estudava na época, mas ela acabou escapando por um pequeno detalhe.

Desde sua infância a atriz é chamada de Zezita, mas o seu verdadeiro nome é Severina. Nas listas de chamadas, os militares, ao chegarem ao local, buscaram pelo apelido da atriz, e só encontraram Severina, seu nome de batismo, e com isso não tinham certeza se era a mesma pessoa que procuravam.

Depois de descobrir que estava sendo perseguida pela polícia, Zezita teve que viver seis meses escondidas na casa de um tio, para que ela não tivesse o mesmo destino de prisões e torturas que outras pessoas sofreram na época da ditadura, assim como seus companheiros de partido e outros.

Logo depois de deixar seu esconderijo, Zezita continuou sua carreira de atriz e seus estudos. A atriz se formou em Letras, e trabalhou como coordenadora acadêmica de Pedagogia e Letras do Centro Universitário de João Pessoa, da qual atualmente a atriz está aposentada.

Os trabalhos de atriz por outro lado foram mais numerosos no teatro, na Paraíba. A atriz chegou a contar que, por mais que ela tivesse tido mais oportunidades fora da Paraíba para atuar, ela não quis aceitá-las, pois nunca quis deixar o local onde vivia.

Já na televisão, ela fez algumas participações como Rosa, de “Onde Nascem Os Fortes”, em 2018, e Piedade, em “Velho Chico”, no ano de 2016, como mãe do personagem vivido pelo ator Domingos Montagner, que faleceu no ano de 2016 em meio às gravações da trama. Agora, ela está novamente na televisão na pele da mãe da protagonista de “Amor de Mãe”, em um encontro emocionante entre mãe e filha, depois de mais 20 anos sem se verem.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Novelas
Seguir
Siga a página Relacionamento
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!