O programa "Cidade Alerta", exibido pela Record TV e apresentado por Luiz Bacci, foi duramente criticado nos últimos dias. De acordo com o portal UOL, o caso ocorreu na edição da última segunda-feira (17), quando o programa acompanhava o caso da jovem Marcela, de 21 anos.

Marcela, que estava grávida, havia desaparecido após um discussão com o namorado. Enquanto entrevistava a mãe da jovem ao vivo, Luiz Bacci acabou noticiando a morte de Marcela. Ao tomar conhecimento de que a filha havia sido assassinada, Andreia desmaiou aos gritos e precisou ser amparada.

Após a exibição do programa, internautas criticaram a emissora e o apresentador por terem tratado um assunto tão delicado desta maneira. Na última terça-feira (18), durante o programa "Cidade Alerta", Bacci se desculpou com os telespectadores e afirmou que não tinha tido a intenção de expor a família. Segundo o site Observatório da TV, a associação de direitos humanos Intervozes entrou com uma representação no Ministério Público Federal contra a Record TV.

O Intervozes afirma que a emissora "desrespeitou os direitos humanos” ao noticiar ao vivo o assassinato de uma jovem à sua mãe, e que, desta forma, teria violado o código da radiodifusão brasileira.

A denúncia foi protocolada na Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC-MPF).

Bacci se manifesta sobre ocorrido

Na última terça-feira (18), após a repercussão do caso Marcela, Luiz Bacci se manifestou a fim de esclarecer alguns pontos na polêmica. O apresentador se desculpou pelo ocorrido e afirmou que teria conversado com Andreia, mãe da vítima, ao término do programa. "Quero também me desculpar, pedir desculpa a você que nos assiste por essa situação", disse Bacci.

O apresentador revelou, ainda, que a mãe de Marcela teria agradecido ao programa pela cobertura do caso e pediu para que a equipe continuasse acompanhando as investigações, já que desconfiaria da participação de mais pessoas no crime.

Luiz Bacci disse, ainda, que pelo fato do programa ser exibido ao vivo, fatos como este podem acontecer. O apresentador fez questão de ressaltar que o único objetivo do programa e da emissora seria desvendar casos que muitas vezes ficam invisíveis à sociedade.

Antes do pronunciamento no "Cidade Alerta", Bacci já havia usado as redes sociais para comentar o caso. O apresentador lamentou a forma como o caso havia terminado, mas afirmou que já havia vários indícios de violência entre o Relacionamento da vítima com o namorado.

Record TV é denunciada

Segundo o site Observatório da TV, a Associação de Direitos Humanos "Intervozes", denunciou a Record TV ao Ministério Público Federal pedindo para que providências fossem tomadas contra a emissora. A associação é responsável por fiscalizar direitos humanos na comunicação. O "Intervozes" afirmou que a emissora havia "violado direitos humanos" ao noticiar ao vivo o assassinato de uma jovem à sua mãe, e que, desta forma, teria violado o código da radiofusão brasileira.

A denúncia foi anexada na Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC – MPF).

Não perca a nossa página no Facebook!