Pyong Lee está em maus lençóis com a internet. Na última festa do "BBB20", ele bebeu além da conta e acabou tentando beijar Marcela por duas vezes e depois passou a mão na bunda de Flayslane enquanto dançavam.

Agora, uma comissária de bordo brasileira de 30 anos, que vive atualmente em Dubai, usou as redes sociais para denunciar o hipnólogo. Ela falou abertamente sobre o youtuber para a coluna Leo Dias, do UOL.

Pyong Lee chantageou comissária de bordo

Em um vídeo gravado por Débora, ela contou que conheceu Pyong Lee em uma festa, e eles acabaram ficando. Segundo ela, o hipnólogo foi gentil o tempo todo e até disse que queria namorar sério, e ela acreditou nele.

Segundo Débora, depois que ela e o hipnólogo ficaram, ele revelou que tinha namorada, mas que eles poderiam continuar se relacionando. Ela então não quis mais ficar com o youtuber.

Débora disse que depois de dois meses sem ver Pyong Lee, ela foi a uma festa e conheceu outro cara, ficou com ele e ele disse que estava esperando um amigo chegar, quando o tal amigo chegou, era o hipnólogo.

Segundo a comissária de bordo, ambos fingiram não se conhecer, mas quando o rapaz com quem ela estava foi ao banheiro, ela pediu que Pyong Lee não contasse que eles já tinham ficado. Nesse momento, de acordo com Débora, o hipnólogo a chantageou, ele disse que iria guardar segredo, mas que ela teria que continuar saindo com ele.

'Pyong Lee não tem caráter', diz Débora

Ainda no mesmo vídeo, no qual contou sobre a chantagem, Débora disse que o hipnólogo é uma pessoa sem caráter, não só nos relacionamentos amorosos, mas também na vida.

Segundo Débora, Pyong Lee é arrogante e gosta de humilhar as pessoas. Ela ainda disse que o hipnólogo é o tipo de pessoa que trata mal o garçom, que é falso e mentiroso.

A comissária também disse que o youtuber é inteligente e manipulador, que é um ator nato. Débora ainda disse que Pyong Lee humilha as pessoas, não tem caráter e é arrogante.

Assessoria de Pyong Lee se pronuncia

A assessoria do hipnólogo foi procurada pela coluna Leo Dias e se manifestou. Segundo o assessor, desde a festa em que o youtuber bebeu demais e tentou beijar Marcela e chegou a passar a mão em Flayslane, as pessoas têm o atacado.

Ele ainda disse que o cliente pediu desculpas tanto para Sammy Lee, a esposa, quanto para as pessoas na casa e para o público que assiste o reality.

Ainda de acordo com a assessoria, é fácil para as pessoas atacarem e fazerem acusações já que o youtuber está preso no confinamento e não pode se defender.

O assessor continuou, e disse que o episódio do suposto assédio não condiz com o caráter de Pyong Lee, e que quando coisas assim acontecem, a assessoria costuma apurar com a família para não ser pego de surpresa com algum desdobramento.

Assessoria de Pyong fala sobre comissária

Sobre o vídeo da comissária de bordo Débora, o assessor de Pyong disse que a mulher disse que isso aconteceu há quatro anos, mas que só resolveu falar agora.

Ele ainda disse que é lamentável, pois Pyong só poderá se defender ao sair do "BBB20".

Não perca a nossa página no Facebook!