Na manhã dessa sexta-feira (14), o hipnólogo Pyong Lee conversou com as participantes Rafa, Marcela, Manu e Thelma a respeito da percepção que o público pode ter de sua figura. Na ocasião, os cinco estavam no Quarto Céu, e Pyong expressou a preocupação de que as pessoas podem estar o enxergando como alguém falso.

É possível afirmar que essa preocupação não pode ser considerada de todo injustificada. Ainda durante a noite da última quinta-feira (13), Pyong transitou entre os vários grupos existentes na casa e sempre levava informações de um para o outro.

Entretanto, ao conversar com as companheiras de confinamento, o hipnólogo tentou explicar os seus motivos para agir dessa forma dentro do "BBB20".

De acordo com Pyong, ele está preocupado de ser percebido como falso porque participar das brincadeiras feitas por Felipe Prior e Lucas Galina quando, na verdade, é um aliado das meninas da edição, que haviam travado uma guerra com os dois e também com Hadson Nery, eliminado na última terça-feira (12).

Entretanto, ao comentar a respeito dos seus motivos para fazer isso, Pyong Lee afirmou que ele não é uma pessoa falsa, mas sim “flutuante”, de modo que ele gosta de transitar por vários ambientes diferentes.

É válido ressaltar que, enquanto esteve conversando com Lucas e Felipe, Pyong chegou a dar várias respostas debochadas para os companheiros de confinamento, que discutiam a sua estratégia de jogo daqui para frente.

Marcela opina sobre a suposta falsidade de Pyong

Após ouvir a preocupação do amigo, a médica Marcela Mc Gowan manifestou a sua opinião sobre o jeito “flutuante” de Pyong Lee e o seu hábito de transitar por todos os ambientes e grupos presentes na casa.

Na ocasião, a médica afirmou que agir dessa forma, para ela, é algo falso sim.

Entretanto, a médica fez questão de destacar que agir dessa forma é uma escolha de Pyong, e ela somente estava manifestando a sua opinião por gostar dele e considerá-lo um amigo dentro do jogo. Entretanto, Marcela afirmou que caso ela não estivesse dentro da casa do "BBB20", e sim assistindo ao programa, ela interpretaria esse comportamento como falsidade.

Em momentos anteriores do jogo, Marcela já havia dito para Pyong que não concorda com a forma como ele se porta dentro do jogo. Entretanto, sempre que isso se fez importante, o hipnólogo acabou se alinhando com o seu grupo e votando de forma a proteger as meninas da edição em possíveis paredões.

Além disso, Pyong chegou a dizer antes da prova do líder da semana passada que, caso fosse uma prova de resistência, ele faria o possível para conseguir vence-la e indicar Hadson Nery ao paredão, eliminando o principal “inimigo” das mulheres.

Não perca a nossa página no Facebook!