Desde a leitura do testamento do apresentador Gugu Liberato, que aconteceu ainda no final de 2019, a herança do apresentador está sendo motivo de brigas entre a sua família e a companheira do comunicador, Rose Miriam.

É possível destacar que, a cada momento que passa, a partilha dos bens de Gugu se torna um impasse maior e um dos assuntos mais comentados na mídia de forma geral.

O motivo para que a herança do apresentador tenha voltado para os holofotes na última semana está ligado a uma alegação feita pelos advogados da família de Gugu. De acordo com os profissionais, Rose Miriam, a mãe dos filhos do comunicador, chegou a assinar um contrato de coparentalidade com Gugu Liberato.

Segundo informações obtidas por meio do SBT, o contrato em questão significa que os dois não eram de fato um casal, mas sim que haviam concordado em ser “parceiros de paternidade”. Ou seja, eles criariam os filhos juntos, sem serem casados ou possuírem um vínculo afetivo que os conectasse.

De acordo com o SBT, o documento pode fazer com que a situação da companheira de Gugu se torne ainda mais complexa diante da Justiça. Isso se deve ao fato de que os familiares do comunicador pretendem tentar derrubar o pedido de união estável feito por Rose em momentos anteriores da disputa pelos bens do apresentador.

As informações em questão foram veiculadas pela emissora durante o programa "Fofocalizando", que exibiu uma reportagem sobre o assunto ainda na última segunda-feira (3).

Entenda a batalha judicial

É possível afirmar que toda a disputa pela herança de Gugu Liberto teve início logo após o velório do apresentador. Na ocasião, ocorreu a leitura do testamento e o conteúdo foi bastante surpreendente para Rose Miriam.

No testamento do apresentador, 75% dos seus bens foram deixados para os seus três filhos, João Augusto, Marina e Sofia.

Os outros 25% ficariam para os sobrinhos de Gugu. Rose acabou ficando definitivamente fora da divisão dos bens quando o apresentador destacou que a parte dos seus filhos na herança deveria ser administrada por Aparecida Liberato, sua irmã.

De início, a assessoria de imprensa do comunicador destacou que os desejos de Gugu em seu testamento seriam honrados.

Entretanto, não demorou muito para que uma batalha judicial começasse a acontecer, visto que Rose foi completamente descartada, mesmo depois de tantos anos ao lado de Gugu.

Atualmente, todo o processo relativo ao caso está correndo na Justiça. Entretanto, a cada momento surgem novas provas que podem dificultar ainda mais para que Rose prove que ela e Gugu Liberato eram realmente um casal. Devido a isso, a disputa tem ganhado cada vez mais atenção midiática.

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!