Na última terça-feira (4) faleceu Asa Branca, locutor de rodeios que se tornou muito popular na década de 1990. Hospitalizado desde o dia 25 de janeiro, Asa Branca lutava contra um câncer em estado avançado e, de acordo com informações do R7, estava sedado e com baixa saturação desde o dia 28 de janeiro.

Após ser noticiada a morte do locutor de rodeios, Sandra dos Santos, a esposa de Asa Branca, comentou a respeito do ocorrido. Mostrando-se visivelmente emocionada na ocasião, ela concedeu uma entrevista ao programa "A Tarde é Sua", exibido pela RedeTV!.

Durante a entrevista, Sandra destacou a dor que a perda de seu marido havia ocasionado.

Entretanto, a esposa do locutor também falou que, de certa forma, a partida do locutor funciona como uma espécie de conforto para ela, visto que o sofrimento no qual ele se encontrava chegou ao fim.

Ainda durante a sua entrevista para o "A Tarde é Sua", Sandra dos Santos afirmou que estava sem palavras para falar sobre a morte do marido, e que apenas encontrava conforto na ideia de que ele não sofreria mais e estaria em um lugar melhor após o falecimento.

Destacando as qualidades do locutor, Sandra ainda afirmou que Asa Branca foi um verdadeiro herói, e pontuou que a batalha do seu marido contra o câncer teve início ainda no ano de 2013.

De acordo com ela, o locutor chegou a comentar que faria uma tatuagem da imagem de Nossa Senhora Aparecida caso conseguisse vencer a doença, mas isso acabou não acontecendo e a ideia ficou somente no coração de Asa Branca.

Viúva de Asa Branca relembra momentos

Ainda durante a entrevista ao programa da RedeTV!, Sandra rememorou alguns dos momentos finais vividos ao lado de Asa Branca. Na ocasião, ela destacou que esteve ao lado do locutor às 6h de segunda-feira e permaneceu no hospital até às 11h de terça-feira, ocasião em que o médico sugeriu que ela fosse para a casa a fim de descansar um pouco.

Então, de acordo com a esposa do locutor, ela seguiu a sugestão do profissional e comeu alguma coisa, mas não chegou a ter tempo para descanso, visto que recebeu uma mensagem pedindo o seu retorno ao Instituto do Câncer de São Paulo, local em que o locutor estava internado.

Sobre essa ocasião, Sandra afirma que sabia que o marido estava partindo no momento exato em que saiu do hospital para ir até a sua casa.

Para ela, isso se tornava evidente, considerando a pressão e a saturação do locutor, ambas muito baixas nessa ocasião. Além disso, a esposa do locutor afirmou que ao pegar a sua mão, ele não respondia mais ao gesto e não lhe dava sinais de que estava vivo.

Por fim, Sandra destacou que aprendeu muito com o marido ao longo da vida e que se sente grata por ter tido a oportunidade de conviver com Asa Branca e por cuidar dele em seus momentos finais.

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!