O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro condenou a Rede Globo a pagar R$ 30 mil de indenização ao professor Ricardo José Rímola, por uso indevido de imagem e dano moral. Ele foi uma das vítimas de uma pegadinha do "Caldeirão do Huck", no quadro chamado X1000, que foi transmitido em 2013. Ricardo faleceu em 2015, porém, a decisão da Justiça só saiu quase quatro anos depois de sua morte.

Entenda o caso envolvendo a Rede Globo

Segundo o site Notícias da TV, que teve acesso à sentença, o magistrado julgou o pedido de ação mesmo depois da vítima vir a falecer, pois, embora o dano moral seja personalíssimo, são transmissíveis os efeitos patrimoniais.

O apresentador do "Caldeirão do Huck", Luciano Huck, era também no caso um réu, porém, por decisão do juiz, ele não tem influência na produção do programa, ostentando apenas a qualidade de apresentador.

A vítima, Ricardo José Rímola, teria acabado de sair de uma consulta médica ao ser abordado por um ator do programa, que naquele dia estava interpretando um desempregado falso, em uma praça localizada no bairro carioca da Tijuca. O ator estava usando uma camisa manchada de caneta, que teria estourado, então ele pediu Ricardo sua camisa emprestada, pois ele ia ter uma suposta entrevista de emprego.

O quadro X1000 tinha a intenção da primeira pessoa que aceitaria emprestar a camisa para o suposto desempregado, seria abordado pelo apresentador Luciano Huck e uma banda de fanfarra, que daria o direito de multiplicar por mil o valor das moedas que teria no bolso.

Ricardo não autorizou que a Globo transmitisse

Ricardo José Rímola não emprestou a camisa para o ator, então seguiu seu caminho. Contudo, isso tudo foi filmado por uma câmera escondida e transmitida pela Rede Globo no "Caldeirão do Huck", em maio do ano de 2013. Nas imagens, Luciano Huck estaria em uma van escondido, enquanto estava em contato com o ator por um ponto eletrônico.

Depois de ser filmado, Ricardo foi abordado pela produção do programa, que pediram para ele assinar um termo de consentimento de uso de imagem, porém, Ricardo se recusou e não deu nenhuma autorização para a Rede Globo.

Foi aí que todo o problema começou, pois a Rede Globo usou mesmo assim a imagem sem autorização.

O juiz justificou sua decisão de indenização, disse que muito embora a gravação ter sido feita de longe, é possível reconhecer o autor pelos amigos, família e pessoas de convívio de trabalho. Que até mesmo sua voz foi vinculada.

Filha de Ricardo fala sobre seu pai e a Rede Globo

Durante uma reportagem, a filha de Ricardo José Rímola disse que o falecimento de seu pai não teve envolvimento com o caso da Rede Globo, mesmo que tudo isso tinha chateado muito Ricardo e deixado-o constrangido pela exposição sem seu consentimento. Falou também que o pai era uma pessoa séria, discreta e respeitada em seu meio de trabalho.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Televisão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!