Na última terça-feira (4), a apresentadora Silvia Poppovic, responsável por comandar o programa "Aqui na Band", comentou a respeito da batalha judicial pela herança do apresentador Gugu Liberato, que faleceu ainda em dezembro de 2019.

Na ocasião, Silvia afirmou que Rose Miriam, a companheira do comunicador, tem direito a receber uma fração da fortuna de Gugu caso seja confirmado que os dois tiveram uma união estável enquanto o apresentador ainda era vido. Entretanto, caso se confirme o que é alegado pela família do apresentador, Rose não deveria receber nada.

É possível destacar que, de acordo com as alegações dos familiares de Gugu Liberato, os dois não tinham uma união estável, mas sim assinaram um acordo de co-paternidade, o que significa que eles concordaram em criar os filhos juntos, mas não possuem um vínculo enquanto marido e mulher.

Devido aos fatores destacados anteriormente, ao expor a sua opinião sobre o caso, Silvia Poppovic afirmou que leu informações sobre os dois lados da história e percebeu que tanto a família de Gugu quanto Rose Miriam estão atualmente sendo representados por advogados de alto nível. Assim, caberá a eles provar qual versão dos fatos é a correta.

Na sequência, a apresentadora do "Aqui na Band" fez questão de pontuar que, caso a versão de Rose se prove a correta, ela deve receber 50% do patrimônio do comunicador, estimado em R$ 1 bilhão. Entretanto, caso a versão da família se prove verdadeira, ela terá direito apenas a receber uma pensão, considerada pequena por Silvia para a manutenção de uma casa nos Estados Unidos, local em que a família vivia antes do falecimento de Gugu Liberato.

Ainda comentando sobre o assunto, a apresentadora afirmou que o direito dos filhos a receber a herança do pai se mantém em qualquer um dos dois cenários. É possível afirmar ainda que cerca de 75% dos bens de Gugu foram deixados para João Augusto, Marina e Sofia, os seus filhos. Os outros 25%, por sua vez, foram deixados para os sobrinhos do apresentador.

Rose aceitou fazer 'papel de esposa'

As falas de Silvia Poppovic sobre o polêmico caso da herança de Gugu ainda foram além do exposto, e a apresentadora apresentou mais dos seus pontos de vista sobre o caso.

De acordo com ela, Rose se prestou a fazer o “papel de esposa” para o comunicador enquanto ele ainda era vivo, visto que os dois tinham um “pacto” para ter uma família e criar as crianças em conjunto.

Apesar de todos esses fatores, Silvia pontuou que eles acabaram não se casando por motivos pessoais. Contudo, não chegou a expor quais seriam esses motivos durante a sua fala.

Finalizando o assunto no "Aqui na Band", a apresentadora ainda chegou a dizer que Gugu Liberato era muito rico e, dessa forma, havia dinheiro para dividir entre todas as partes envolvidas na história, visto que o apresentador possuía muitos negócios. "O Gugu é muito rico, tem dinheiro para todo mundo. Muitos negócios, muito dinheiro. Não precisava brigar, não", disse.

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!