Ainda que o deputado federal Eduardo Bolsonaro garanta que não assiste o "Big Brother Brasil 20", na noite da última segunda-feira (30), o filho do presidente da República Jair Bolsonaro usou as suas redes sociais para demonstrar o seu apoio ao participante Felipe Prior, que está emparedado essa semana. Prior disputa a preferência do público do "BBB20" com a cantora Manu Gavassi e a influenciadora digital Mari Gonzalez.

Ao comentar a respeito de Felipe Prior nas suas redes sociais, Eduardo Bolsonaro afirmou que não tem o hábito de assistir ao programa, mas recebe marcações de várias pessoas em postagens a respeito do programa.

Devido a isso, ele acabou ficando sabendo a respeito de Manu Gavassi, caracterizada por ele como “militante de esquerda”.

Na sequência, o deputado federal afirmou que a cantora está concorrendo ao paredão com um “cara politicamente incorreto”, fazendo referência a Felipe Prior. De acordo com o filho do presidente, o arquiteto acabou ganhando o apoio do público do programa por essa característica e devido ao fato de que as pessoas que “odeiam mimimi” acabaram abraçando o participante.

Entre esses grupos de pessoas, Eduardo Bolsonaro citou os jogadores de futebol, como Gabigol e Neymar Jr., que declararam publicamente o seu apoio a Prior no paredão em questão. Ao finalizar a sua postagem sobre o "BBB20", o deputado desejou boa sorte a Prior no paredão, que acontecerá nessa terça-feira (31), durante a transmissão ao vivo do Big Brother Brasil na Globo.

Paredão recordista de votos

É válido destacar que a disputa por permanência dessa semana no "BBB20" está gerando engajamento de vários públicos diferentes.

Enquanto Eduardo Bolsonaro e os jogadores citados anteriormente apoiam Prior, várias pessoas famosas saíram em defesa de Manu Gavassi.

As atrizes Marina Ruy Barbosa e Bruna Marquezine se posicionaram a favor da cantora. Além delas, Anitta e Ludmilla também chegaram a compartilhar em suas contas do Twitter a hashtag de apoio a Manu.

Além dos fatos destacados, o paredão em questão também está quebrando recordes de votação.

Em momentos anteriores do programa, esse recorde era do sexto paredão da disputa, entre Guilherme Napolitano, Pyong Lee e Gizelly Bicalho. Porém, na noite de segunda-feira, o apresentador Tiago Leifert afirmou que a atual disputa ultrapassou esse recorde.

Antes de conversar com os confinados do "BBB20" e dar início ao jogo da discórdia dessa semana, o apresentador afirmou que o paredão já contava com mais de 550 milhões de votos em apenas 24h de votação aberta. Esse foi o único dado liberado atualmente pela emissora e o resultado final somente será revelado na noite dessa terça-feira.

Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!