Na última terça-feira (17) aconteceu a oitava eliminação do "Big Brother Brasil 20". Disputavam a preferência do público o hipnólogo Pyong Lee, o ator Babu Santana e a influenciadora digital Rafa Kalimann.

Pyong acabou se tornando o novo eliminado da temporada em uma disputa bastante apertada com Babu Santana. O hipnólogo recebeu 51,70% dos votos do público, enquanto ator teve 47,71% dos votos. Rafa Kalimann, por sua vez, sequer atingiu 1%, ficando em terceiro lugar na disputa.

Logo que Pyong deixou a casa, ele se dirigiu ao estúdio para conversar com Tiago Leifert, apresentador do "BBB20", sobre a sua eliminação.

Na ocasião, não havia família ou plateia presentes no estúdio, visto que a Globo decidiu excluir temporariamente o público das eliminações.

Ao conversar sobre a sua saída com Leifert, Pyong deixou claro que a sua escolha de ir ao paredão foi algo bastante consciente. Ele poderia ter sido imunizado nessa semana, recebendo o anjo de Ivy Moraes e Daniel Lenhardt, mas recusou o presente dos amigos e ainda chegou a pedir a Felipe Prior para ir ao paredão.

Ao conversar sobre esse tópico, Pyong afirmou para Tiago Leifert que seguiu aquilo que achava certo. De acordo com o hipnólogo, a sua imunidade ameaçaria outras pessoas que ele gosta dentro do confinamento, especialmente porque o pedido a Prior ocorreu antes que Ivy e Daniel vencessem a prova do anjo.

Ainda durante o bate-papo no estúdio, Pyong Lee afirmou que fez uma jogada para tentar proteger as pessoas que ele gostava e destacou que fez aquilo que acreditava.

Mais um recorde de votação para Pyong

É válido destacar que ainda na sexta semana de confinamento, quando Pyong Lee disputava a preferência do público com o modelo Guilherme Napolitano, o paredão chegou a quebrar o recorde de votos de todas as 20 edições do reality show.

A votação em questão ultrapassou a marca dos 400 milhões.

Na noite de ontem, o hipnólogo se tornou também o detentor do segundo maior número de votos em todos os paredões do programa e ainda quebrou mais um recorde: o número simultâneo de votos, que quase chegou a 1,5 milhões em um mesmo minuto.

Durante a conversa com Pyong no estúdio, Tiago passou esses dados para Pyong, que se mostrou surpreso com essas afirmações.

O hipnólogo ainda se surpreendeu também ao descobrir que várias pessoas o consideravam um dos maiores jogadores que já passou pela casa do "Big Brother Brasil", visto que as suas estratégias sempre davam certo e os paredões sempre terminavam com as eliminações desejadas por ele.

Não perca a nossa página no Facebook!