Durante a tarde da última terça-feira (24), as sisters Manu Gavassi, Gizelly Bicalho e Thelma Assis tiveram uma conversa sobre a duração do "Big Brother Brasil 20". Na ocasião, elas estavam na cozinha VIP e chegaram a perguntar quando o confinamento chegaria ao fim.

De acordo com o site UOL TV e Famosos, o "BBB20" está previsto para terminar no dia 23 de abril. Entretanto, devido ao fato de que existem muitas pessoas ainda no confinamento, as três começaram a especular que o programa poderia ser estendido por mais tempo.

Na ocasião, Gizelly contou para Thelma e Manu que o contrato que elas assinaram ao entrar no programa previa que ele poderia ser estendido. Entretanto, a advogada citou que isso poderia ocorrer somente do dia 23 de abril ao dia 29 de abril, de acordo com o documento.

Embora seja um período curto de tempo, Thelma e Manu foram pegas de surpresa pela possibilidade e demonstraram não gostar muito dela. A cantora chegou a dizer que não existe mais um contexto para essa esticada no "BBB20" e que eles estão no confinamento apenas sobrevivendo.

Ao finalizar a sua fala, Manu chegou a dizer que a prorrogação do "BBB20" seria um verdadeiro pesadelo.

Em momentos anteriores do dia, os participantes também chegaram a conversar sobre a possibilidade de extensão do BBB. Entretanto, o tópico era um pouco diferente.

No momento citado, Thelma e Marcela fizeram uma brincadeira de que produção poderia escolher mantê-los ali por mais tempo em decorrência da pandemia de coronavírus.

As sisters ainda brincaram que os participantes do BBB seriam usados como cobaias para o teste de vacinas contra o vírus.

Marcela passa a questionar sua posição no jogo

A saída de Daniel Lenhardt, na noite da última terça-feira, fez com que os participantes próximos ao ator passassem a questionar a sua posição dentro do "Big Brother Brasil 20".

A primeira a fazer isso foi Ivy Moraes, que entrou no programa junto com Daniel e a partir da casa de vidro.

Em uma conversa com Mari Gonzalez, Ivy chegou a se questionar se estaria sendo odiada do lado de fora do confinamento, mas foi acalmada por Mari, que afirmou que o jogo é muito mais complexo do que eles conseguem ter noção dentro da casa.

Quem também passou a questionar a sua posição no confinamento, pela primeira vez desde a segunda semana, foi Marcela Mc Gowan, que estava envolvida com Daniel.

Durante uma conversa com Thelma e Gizelly, a médica também chegou a perguntar se o público estaria odiando-a por ter formado casal com o modelo. Entretanto, Gizelly chegou a afirmar que a próxima eliminada seria ela, visto que a advogada já era um alvo de Prior e Flayslane antes.

Thelma, por sua vez, destacou o fato de que Flayslane foi a sua indicação como líder a cantora havia voltado do paredão.

Não perca a nossa página no Facebook!