Logo após a prova do líder da última quinta-feira (26), os participantes conversaram sobre a disputa e também sobre algumas decisões que foram tomadas assim que a liderança da advogada Gizelly Bicalho foi anunciada. Em uma das conversas em questão, Ivy Moraes falou com a advogada sobre as suas escolhas para o VIP da semana.

É válido destacar que a modelo também venceu a prova do líder, juntamente com Gizelly. Entretanto, Ivy abriu mão da liderança alegando que a advogada nunca havia sido líder antes. Devido a isso, a modelo recebeu o prêmio de R$ 10 mil.

Ao falar com Gizelly sobre as suas escolhas para o VIP, Ivy comentou sobre o fato da advogada não ter escolhido Marcela.

Após receber somente quatro pulseiras, contando com a dela, Gizelly escolheu levar a cantora Manu Gavassi e a influenciadora digital Rafa Kalimann para o VIP, deixando Marcela e Thelma de fora.

Durante a conversa, Ivy destacou que não teria deixado de dar uma pulseira para Marcela e afirmou que agora teria que torcer para não ir ao paredão da semana. Na ocasião, ela ainda afirmou que o voto da líder já era de conhecimento de todos: ou ela votaria em Felipe Prior ou em Babu Santana, mas o voto da casa permanecia um mistério.

Na ocasião citada, Marcela estava presente na sala e aproveitou a oportunidade para pedir a Gizelly para ir ao cinema do líder. A médica afirmou que podendo ver o filme da vez estava tudo bem para ela e ela não ligava de ficar na Xepa.

Entretanto, Ivy seguiu questionando as escolhas da amiga e afirmou que acredita que Rafa e Manu não teriam escolhido Gizelly caso estivessem na mesma posição que a amiga.

Entenda mais sobre a formação do paredão

Ainda antes do início da prova do líder, o apresentador Tiago Leifert explicou para o público do Big Brother Brasil 20 como será a formação de paredão dessa semana, que terá um funcionamento um pouco diferente de momentos anteriores da competição.

Cinco participantes então formarão a berlinda em um primeiro momento. Dois deles foram escolhidos ainda na prova do líder, a dupla que fez o menor número de pontos (Mari e Gabi). Além disso, o mais votado da casa ocuparia a terceira vaga e o indicado do líder a quarta. Entretanto, quem fosse votado por Gizelly teria o direito de contragolpe e escolherá alguém para acompanha-lo no paredão.

O apresentador também explicou que essa semana contará com a prova bate e volta e ela também terá diferenças. Os quatro participantes que não foram votados pelo líder terão o direito de disputa-la e dois deles poderão escapar do paredão graças a essa dinâmica. Por fim, Leifert também falou sobre a prova do anjo e afirmou que ela será disputada no sábado e o anjo não será autoimune.

Não perca a nossa página no Facebook!