Depois da formação do sétimo paredão do "Big Brother Brasil 20", o arquiteto Felipe Prior conversou com o ator Babu Santana sobre o voto do hipnólogo Pyong Lee, o líder dessa semana.

Em momentos anteriores do confinamento, Pyong havia confirmado o seu voto em Prior, mas acabou mudando de ideia por uma série de eventos que aconteceram durante a festa do último sábado (7), que fizeram com que o psicólogo Victor Hugo se tornasse uma opção mais urgente de voto para o hipnólogo.

Nesse sentido, é possível destacar que Felipe acha que será menos colocado no paredão pelos companheiros de confinamento por pena.

Ao comentar a respeito disso com Babu, o ator afirmou que ele foi perdoado pelo “clã”. Nesse ponto da conversa, o arquiteto aproveitou para explicar a sua visão sobre os votos dessa semana e o jogo dos seus adversários.

De acordo com o ponto de vista de Felipe Prior, os demais jogadores do "BBB20" estão com medo de ficar mirando exclusivamente nele e, dessa forma, transformá-lo numa espécie de mártir aos olhos do público. Assim, eles acabaram por mudar o seu foco. Entretanto, de acordo com Prior, votar em Babu é a mesma coisa, mas o arquiteto acredita que acontecerá um revezamento de votos entre os dois daqui para frente.

Felipe ainda apontou que alguns brothers têm dito que ele está melhorando o seu comportamento, mas, para ele, isso não está acontecendo e ele continua sendo exatamente a mesma pessoa que em momentos anteriores do reality show.

Posteriormente, ele analisou a decisão de Pyong Lee, caracterizada como bizarra por ele.

De acordo com o arquiteto, a escolha do líder foi algo calculado para que ele pudesse se fazer de coitado e continuar mantendo a sua pose de bonzinho para o restante da casa, mas não foi motivado por alguma espécie de dó que ele pode ter sentido de vê-lo constantemente indicado ao paredão.

Pyong decide votar em Victor Hugo no 'BBB20'

É possível afirmar que, de acordo com a justificativa de Pyong, o seu motivo para escolher votar em Victor Hugo está ligado ao comportamento do psicólogo durante a festa de sábado. Na ocasião, ele acabou brigando com Gizelly Bicalho e Manu Gavassi quando as duas apontaram que ele tentou incentivar outras pessoas a votar nelas.

Ainda se mostra válido destacar que, para Pyong Lee, a abertura de voto de Victor Hugo fez com que ele se queimasse por completo com o público. De encontro a isso, é possível afirmar que o psicólogo votou em Gizelly e foi forçado por Thelma a expor o seu voto para os demais companheiros de confinamento durante o programa ao vivo.

Para Pyong Lee, ao tomar essa atitude depois de uma briga tão boba, Victor Hugo acabou se queimando por votar na única pessoa que realmente gostava dele no confinamento.

Não perca a nossa página no Facebook!